Como Lidar com Mulheres – o excelente livro de Nessahan Alita

| 43 comments
COMO LIDAR COM MULHERES.

Essa é uma dica muito importante na vida de vocês mulherengos e namoradores. Como Lidar com Mulheres, o livro do grande Nessahan Alita. Alita não é foda, é um gênio.

"As mulheres são seres deliciosamente terríveis, de dupla face, que nos aliviam as dores e, ao mesmo tempo, nos fazem sofrer terrivelmente. Algumas vezes, atormentam-nos, com seus jogos contraditórios e incoerências, nos levando à loucura. Quando as vencemos, elas nos presenteiam com os segredos maravilhosos e delícias que reservam aos eleitos. Não são inerentemente más, são apenas humanas, como nós. Como tenho visto muitos homens sofrerem nas mãos dessas deliciosas criaturas, resolvi compartilhar o conhecimento que adquiri em duras experiências." (NA)


"Basicamente, me empenhei em descrever as estratégias femininas para ludibriar o homem no campo amoroso, acorrentando-o, os erros que normalmente cometemos e as formas de nos defendermos emocionalmente. Espero não ter chocado o leitor por ter, como Maquiavel, tratado apenas das coisas reais e não das coisas ideais. A realidade do que normalmente entendemos por amor não é tão bela e costuma diferir do que gostaríamos que fosse." (NA)

Fica aí a dica, aprendi muito e já pratico há algum tempo seus ensinamentos, já li todos os livros e participo de comunidades de discussão sobre o tema. Tem me melhorado bastante e me aberto os olhos.

ALGUMAS ADVERTÊNCIAS:

Seus livros são destinados a pessoas com mente aberta, alguma experiência e alguma maturidade. Como o próprio Nessahan fala, suas obras devem ser lidas sob a perspectiva do humor e da solidariedade, jamais da revolta.
"Não escrevo para pessoas imaturas, que não diferenciam a crítica da raiva, que não querem uma relação estável, que estejam procurando alguém que lhes diga o que fazer ao invés de pensarem e decidirem por si mesmos. Não sou e nem desejo ser mestre de ninguém, não procuro discípulos, nem admiradores, nem seguidores. Procuro apenas leitores sinceros e amadurecidos para questionar, de maneira sóbria e crítica, as crenças e os paradigmas hegemônicos. Se você não é um desses, feche este livro porque a mensagem não é para você."
—Nessahan Alita, A Guerra da Paixão

Saiba ler e filtrar o conteúdo. Nenhuma observação, recomendação, sugestão ou reflexão contida nos livros deve ser tomada dogmaticamente e de forma acrítica. O próprio autor diz que suas idéias NÃO SÃO PERMANENTES e podem ser alteradas por exigências experienciais.
"Não se trata de uma verdade acabada, inquestionável ou da qual não se possa duvidar; são idéias expostas à discussão para aprimoramento contínuo e não dogmas. As diversas discussões suscitadas pelas edições anteriores permitiram grande avanço e apontaram caminhos para aprofundamento. As críticas são sempre bem vindas."
—Nessahan Alita, Como Lidar com Mulheres

Mais advertências nos próprios escritos.

QUEM É NESSAHAN ALITA?

Nessahan Alita é o pseudônimo do autor de uma série de livros que trata de relacionamentos sob a perspectiva masculina. Ninguém sabe seu verdadeiro nome e suas obras não são distribuídas por nenhuma editora, sendo encontradas gratuitamente apenas por meio digital no formato ebook. Nessahan Alita, contudo, conseguiu atingir certa notoriedade em blogs, fóruns e redes sociais, seus livros até hoje são considerados como referência em grupos que tratam sobre o tema masculinidade.

O autor debatia pessoalmente suas idéias nas redes sociais e tirava dúvidas sobre suas obras até 2009, quando se retirou.

Seus livros não têm fins lucrativos. São apenas um meio de auxílio para outros homens frente a dificuldades modernas em manter relacionamentos longos.

Observação: Nessahan não é mestre e não quer discípulos nem seguidores. Ele NÃO É LÍDER DE NENHUM GRUPO. Obviamente, podem existir grupos com pontos de vista semelhantes aos dele mas, definitivamente, nenhum desses grupos o representa. Todos aqueles que se disserem seus discípulos são IMPOSTORES e devem ser desmascarados.

Observação 2: Silvio Koerich diz que Nessahan Alita escreveu o maior livro de como lidar com as mulheres no Mundo, mas Nessahan era um crítico do "movimento da Real" e não faz qualquer referência ao "masculinismo" nos seus livros.

OS LIVROS PARA BAIXAR:

O MAGNETISMO NAS RELAÇÕES SOCIAIS

Em O Magnetismo nas Relações Sociais a meta é superar nossas fraquezas passionais: os desejos e os medos. O homem nasce da vitória sobre o animal, sobre o instinto. Vencer o instinto não é enfraquecê-lo ou suprimí-lo, mas dominá-lo, transcendê-lo, dirigi-lo e usá-lo em nosso favor. Em uma palavra: assimilá-lo. 54 páginas. (Download)

COMO LIDAR COM MULHERES  Recomendado para começar

É o volume I da série de livros O Sofrimento Amoroso do Homem. A arte de lidar com as mulheres no amor exige do homem um estado interior apropriado, para resistir aos encantos femininos, e um conhecimento estratégico, para desarticular artimanhas. 249 páginas. (Download)




É o volume II da série. Surgiu da necessidade de aclarar alguns pontos. As mulheres possuem um lado sagrado e um lado profano. O lado profano consiste na aplicação da inteligência emocional para fins egoístas no campo amoroso, para receber dos homens o máximo e retribuir o mínimo necessário e possível. 88 páginas. (Download)


A GUERRA DA PAIXÃO

É o volume III da série. Muitas mulheres vêem o amor como uma guerra ou jogo. Na guerra da paixão vencerá aquele que conseguir induzir o parceiro ao apaixonamento e perderá aquele que se deixar apaixonar. Nossa missão é descobrir os verdadeiros sentimentos e intenções da mulher, para identificar rapidamente as ardilosas e insinceras. 103 páginas. (Download)

- REFLEXÕES MASCULINAS

É o volume IV da série. Veio da necessidade de esclarecer mais alguns pontos, por isso o livro é curto. Esse livro traz alguns conhecimentos complementares, que nos auxiliam a desarticular artimanhas femininas usadas no jogo da paixão. 67 páginas. (Download)

43 comments

Sandro 24 de novembro de 2012 10:24

Gênio. Quem ler Nessahan e for mente aberta não cairá mais nos jogos manipulativos das mulheres. "Como lidar com as mulheres" Disparado é a obra mais realística que fala sobre as mulheres, não há tema que o a autor não tenha abordado. Eu posso dizer que minha percepção do feminino deu um giro de 360 graus. Cada trecho do texto te faz lembrar de situações vividas e você começa a perceber claramente como é o jogo manipulativo das mulheres. Esse livro é um oráculo, uma biblioteca de conhecimentos. Recomendo ler todos os livros pois os mesmos complementam-se.

Anônimo 24 de novembro de 2012 13:23

Eu concordo com o NA parcialmente, apenas discordo quando ele fala de "agir de uma forma acertada", mulheres gostam de homens imprevisíveis.

Ric 24 de novembro de 2012 21:50

A mulherada até hoje nunca perdoou NA por este ter tido a coragem de expor os segredos mais sujos do sexo feminino. E graças a ele os homens estão aprendendo a se defender dos joguinhos emocionais delas.

GÊNIO, sem mais.

C.J | 29 de novembro de 2012 09:54

Crítico do movimento da real, o que vc quer dizer?

Soldado | 29 de novembro de 2012 13:12

C.J,

Nessahan criticava duramente as "comunidades da Real", por causa do dogmatismo e polarização de vários membros.

Por exemplo, Nessahan traça o perfil comportamental de um tipo específico de mulher: as "espertinhas", que também podem ser chamadas de "insinceras", "trapaceiras", "jogadoras emocionais", etc.

Nessahan acredita que existem mulheres sinceras, mas que é conveniente presumir que toda mulher é insincera, até prova em contrário.

Mas vários membros das comunidades da Real extrapolavam e distorciam o que Nessahan dizia, muitas vezes atribuindo ao autor idéias que ele era contra.

ofera | 29 de dezembro de 2012 16:55

Grande Nessahan Alita nos revelou o segredo das mulheres,todo homem que quer deixar de ser paspalho e conhece o lado obscuro feminino que a sociedade não mostra obrigatoriamente deve ler as obras de Nessahan Alita.

Anônimo 1 de janeiro de 2013 16:50

Srs,
Esse N.A. eh um genio da escrita sobre mulheres. Ja li todos os outros, e ele eh demais.
A principal acarcteristica disso eh que ela nao tira proveito nem financeiro e nem de poder sobre os escritos. E narra como ninguem exatamente o comportamento pelo qual eu e tantos amigos passamos. Eh facil averiguar o que ele fala na realidade. Sem raiva, revanchismo ou qualquer outro fato que nao seja o conhecimento puro do assunto.
Recomendo a leitura SIM.

Anônimo 14 de janeiro de 2013 16:02

Leitura obrigatoria para homens verdadeiros...

Anônimo 1 de fevereiro de 2013 20:55

Concordo com o comentário do Sandro. E digo que meu mundo também deu uma boa girada.


Me desculpe o próprio autor ao "pedir" que não seja seguido, que não tenha discípulos etc, é impossível não admira-lo e agradece-lo por tal leitura!!!!

Muitas coisas que estão ali sabemos e vivenciamos, mas por inocência e até cultura erramos no "trato" com esse delicioso ser que é a mulher.

Anônimo 24 de fevereiro de 2013 11:00

Melhor o giro ser de 180 graus, caso contrario vc voltou ao ponto inicial!

Nathalia | 28 de março de 2013 19:19

Oi, acredite, sou uma mulher, mas estou mesmo gostando do blog.
E cheguei a seguinte conclusão: Mulher não gosta de cafajeste, e sim, de homem que transmite segurança. Quando ele nao cai nos joguinhos emocionais dela, ela passa a respeita-lo, mesmo que inconscientemente, quando o cara bonzinho aprender isso, ele terá a mulher dos sonhos dele nas suas mãos.
Não precisa ser cafajeste, mas ter segurança de si mesmo, nós mulheres, somos naturalmente inseguras, por isso, ficamos fazendo esses joguinhos emocionais (confesso que eu já fiz isso, mas atualmente, eu procuro evitar).
bjs

Vivian 2 de abril de 2013 18:58

Nathalia, concordo com vc!!!
Acho que com essa historia de feminismo a mulherada perdeu total a noção de amor proprio e de valorização pessoal. Fico triste em ver amigas e mulheres em geral tratando homem que, colocam-nas no pedestal, como um ser descartavel.
Esse site é realmente bem interessante e mostra um ponto de vista que nunca tinha parado para analisar.
Acho que muitos homens tem que se valorizar mais (assim como muita mulher) e parar com essa historia de bancar financeiramente, de colocar o outro em primeiro lugar e de esquecer as proprias vontades em prol do outro.

Já namorei 3 vezes e todos eles eu tratei com amor e respeito, nunca trai e odeio joguinhos e ciumes. Sou bem direta, gosto de mimos, assim como gosto de mimar também. Trabalho e gosto muito do dinheiro que vem do suor do meu trabalho. Não gosto de ser bancada. Mesmo descobrindo a traição dos dois ultimos namorados, sei que a culpa não foi minha já que nunca proibi nada e sempre fui muito companheira. Acredito que eles eram imbecis mesmo, e imbecilidade não tem cura.

Li muitas historias e acredito que é o homem que se permite chegar nessa situação, assim como muita mulher, que é tratada que nem lixo pelos namorados, eu acho que a culpa é delass, já que permitem esse tipo de atitude.

Na igualdade, pra mim, não existe homem ou mulher, existe ser humano!

samuel | 3 de abril de 2013 11:14

na minha humilde opinião são poucos os blogs que sitam NA e não polarizam, dizendo que sem exceção todas as mulheres não prestam, e que devemos trata-las de forma inferior e tentar sub-julga-la e se não conseguir devemos parti para outra!

eu acho que cada um deveria ler NA por conta própria e tirar suas próprias conclusões, fazendo uma leitura crítica e adaptando para sua realidade!

para min se tornou bem mais fácil lidar com mulheres, já sei o que esperar delas, eu apenas me conformei com a realidade, e seria utopia querer mudar ela, então apenas procuro brechas nessa realidade para que possa usar ao meu favor!

Anônimo 13 de abril de 2013 11:20

Sou filósofo, e posso dizer que nunca li nada tão bom sobre este tema como os textos de Nehassan Alita.
Passei por uma relação traumática, e estes livros estão-me a ajudar imenso.
Até o facto de se manter no anonimato tem algo de Tradicional e, logo, verdadeiro.

Anônimo 19 de abril de 2013 22:59

Vou me identificar como Alfa.

Ainda bem que os homens estão acordando para algo que desde a minha adolescencia eu sabia. Que as mulheres de frágeis, dóceis e fiéis não tem nada, a de que elas procuram um homem sensível que compartilhe de suas emoções.
Todos estes mitos deveriam ser expostos a luz. Todos os homens deveriam saber disso, e pararem de ser vítimas da mídia feminista que tenta atribuir ao machismo, todos os males do mundo, como se o comportamento ideal de todo o ser humano fosse o feminismo, e qualquer pessoa que se oponha a isso, automaticamente é discriminado.
O termo machismo se tornou pejorativo, enquanto que o termo feminismo se tornou virtude, um reflexo da evolução social.
Eu sou machista, e não nego, tenho orgulho de ser homem, e sou contra o feminismo.
A única coisa que me deixa triste é saber que nós não nos organizamos em grupos para defender nossos direitos de agirmos como homens sem sermos discriminados, e também de adquirir os mesmos direitos que elas tem, direitos que tornam elas judicialmente, eternas vítimas, e verdadeiras fracas, contrariando aquilo que elas vem tentando ao longo do tempo pregar, a ideia de que elas são iguais a nós.
Mas como elas podem ser iguais a nós se nas leis elas são tratadas como frágeis, ineptas? Contradição tipica feminista.
As feministas não pensam, são a pior espécie de mulher, as mais cruéis, as mais manipuladoras, e no dia que forem maioria, nós vamos comer o pão que o diabo amassou.
A partir de hoje eu vou acompanhar este blog, e divulgar ele para meus amigos.
Abraço a todos!

Anônimo 23 de abril de 2013 14:28

SEJA LA QUE FOR N.ALITA, OBRIGADAO POR TER EXISTIDO CARA..... TAMBEM A TODOS MACHOS E FEMEAS QUE PROCURAM O "ESCLARECIMENTO" PORQUE SE NAO FOSSE ESTA COMUNIDADE CIBERNETICA, ESTARIA AINDA EM QUEDA NO INFINITO ABISMO MATRIXIANO OU TERIA PARTIDO DESTA PRA MELHOR... NAO POSSO PREVER O DESTINO MAS COM CERTEZA QUE O FINAL SERIA INFELIZ.
POXA, DO FUNDO DE CORACAO VALEU MESMO...... ENCONTRO AQUI O MILAGROSO ANTIDOTO QUE NOS LIVRA DUM VENENO TAO DOCE QUANTO AMARGO CHAMADO "PAIXAO"

luiza cristina | 10 de junho de 2013 15:17

Samuel você falou e disse a realidade, a maioria das mulheres como foi dito por duas acima concordam com a maioria das opiniões dele, porém alguns blogs e fórum pensam que ele apregoava a sub-julgação da mulher como ser inferior, uma referida página de facebook erroneamente chegou a dizer que as mulheres nem sabem escrever, sendo que a maioria das pessoas que fazem uma faculdade e tem nível superior é do sexo feminino. Nesta referida página eles não aprenderam ainda o que é ser homem, se alguma mulher deixa um comentário eles não tem a educação que vi aqui,simplesmente dizem para aprenderem a ler ou ir lavar vasilha.
Parabéns a você e aos usuários do blog, pela educação e sinceridade!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo 17 de junho de 2013 03:30

sem palavras,so agradeço a leitura em tempo oportuno,o qual me foi d grande valia.

Anônimo 23 de junho de 2013 01:40

vou ler o livro para ver se e ele é honesto consigo e com o público para qm escreve.. até satanás sabe falar a verdade e a mentira ao mesmo tempo.. todo cuidado é pouco..

Anônimo 28 de junho de 2013 10:21

Estou terminando de ler o "como lidar com as mulheres". Um verdadeiro oráculo, se todos os homens soubessem disso que Nessahan expõe com tanta clareza talvez o mundo fosse bem melhor; as relações não seriam complicadas e com desfechos, muitas vezes, tão violentos (às vezes chegando à mortes). Duas palavras que resumem o livro: genial e claro! Não enxerga quem não quer ver!

lanza | 15 de julho de 2013 04:24

Obrigado N.A;
Você é o cara.

Anônimo 24 de julho de 2013 11:31

Leonardo (só pra não ficar anônimo)

Já que esse é um pseudônimo, tu sabe quem é esse Alita? Como conseguiu tanta visibilidade assim?

Estou lendo o Como lidar com as mulheres (terminando já) e é realmente fantástico isso...
Não sabia que existiam outros livros (ainda bem que são menores pq demorei 2 semanas pra ler esse kk)

Reno Raines | 17 de agosto de 2013 18:46

Os livros do Nessahan Alita deveriam ser impressos e vendidos, eles ajudariam muitos homens a ser homens de verdade livres de jogos emocionais femininos e mito do amor romântico.

Anônimo 31 de agosto de 2013 22:15

sandro vc tem q tomar cuidado, pois se sua percepção deu um giro de 360 graus, significa q voltou pro mesmo lugar!!!

Anônimo 6 de setembro de 2013 21:21

mesmo eu sendo mulher,penso que ,são poucas as pessoas que valorizam outras, então o negocio é viver na sacanagem mesmo(ser promiscuo mesmo), acho que a coisa mais falsa e enganosa é o amor, vivo com uma pessoa e ja peguei ele varias vezes na mentira, ele nunca esta disposto pra mim, eu me masturbo direto pois passamos quase um mês sem nada de nada, agora eu pergunto do que vale amar e gostar de verdade se ninguem nunca vai te valorizar ou retribuir esse amor. Em relação a esse livro de como tratar as mulheres digo que a reciproca também é verdadeira.(os homens também não são tão vitimas assim)

Brentz 12 de setembro de 2013 11:46

Quero fazer algumas observações:
Nessahan Alita nada mais é do que a recente linha de abordagem da psicologia chamada neurociência social. Seu livro faz sucesso porque, através de uma linguagem acessível ele aborda temas pertinantes cientificamente comprovados através de uma textura subliminar.
TUDO na vida é trabalhado pelo inconsciente, principalmente os desejos e medos, que ficam alojados numa área do cérebro na qual temos pouquissimo acesso consciente, a única forma de não se tornar escravo dessas duas desgraças é justamente não se apegando ao que te leva a elas. Ex: se não quer se tornar um escravo do sexo (logo, se tornando uma marionete nas mãos das mulheres) você deve controlar seu impulso pornógrafo (evitar assistir filmes de conteúdo erótico, evitar bater uma lembrando daquela ex gostosa, enfim, parar de pensar em BUC%#$ o tempo todo). Se você quer perder o medo, saiba que o que te leva ao medo são justamente os seus desejos (de controle, de ser amado a todo custo, de estabilidade, de felicidade utópica de comercial de margarina), pois o medo é justamente em torno do risco e da frustração da não realização destes desejos viciantes.
Understandi, porra? Ou tú tá de brincation with me, cara?
Outra coisa: quando Nessahan diz que não quer seguidores, no subliminar de vcs ele está depositando a seguinte mensagem "Meu livro é do caralho (e realmente é, concordo), então quero que paguem pau para esse pseudônimo que criei, porque a estratégia foi foda!". Não sei se vcs sabem, mas a melhor forma de vender uma ideia na cabeça de seu potencial cliente é não sendo incisivo naquilo que quer vender ou, muitas vezes, o coibindo ou proibindo de ter acesso aquilo. Nós, humanóides, adoramos o que é proibido. Quantas namoradinhas de vcs mentem para os pais babacas conservadores para dormirem na casa dos namorados p levar pirocada a noite inteira. Eu, pelo menos, fui criado sabendo q pais erram, mas pai e mãe são sagrados: dá pra confiar em quem mente na cara lavada pra eles?
NESSAHAN FOREVER

Anônimo 30 de outubro de 2013 14:52

Gostaria de agradecer imensamente atodos que,d´aguma forma,possibilitaram chegar até mim esses livros.veio a esclarecer coisas que intuitivamente eu ja sabia,mas não tinha elementos argumentativos para me alicerçar.Não conseguiria enxergar a mal sem ajuda.Não me seria possivel transformar esse mal em bem.Grato.

Anônimo 30 de novembro de 2013 02:27

Quem for esperto, leia os livros e aprenda
"Mulher é o diabo usando langerre" e nem um de nos homens estão imunes a seus encantos, beleza e sensualidade, por isso devemos aprender a nos defender.
Aconteça o que acontecer, não nos achamos o gostosas por que comeu uma beldade, pois essa tem poder de mós manipular como marionetes. Vamos ler e aprender

Anônimo 28 de janeiro de 2014 09:28

Temos que expalhar para o maximo de homens esses livros e blog, todos devem saber a verdade!
Quem baixar os livros de Nessahan alita, guarde pois logo as feministas irão tirar tudo de circulação, não permitam que esses livros sejam destruidos, as feministas tentarão a todo custo.

Anônimo 2 de março de 2014 04:27

Provavelmente, o livro do seculo XXI.

Fenomenal.

É quase um choque de realidade ao homem tradicional que ainda vive em tempos modernos. Apreendido sem extremismo, faz evoluir de tal forma que ele chega a ser a ANTÍTESE MODERNA PERFEITA em relação às mulheres feministas e pós-feministas.

Qual seria o nome de homem que apreende esses conceitos de N.A, além de outros autores?

Anônimo 4 de abril de 2014 09:20

Simplesmente fantástico!!!!

Não é atoa que "o cara" fica quase 20 páginas dizendo "não use para manipular", ou coisas parecidas como "não crie seitas" com as informações desse livro.

Nessahan, de uma forma brilhante, fenomenal, desmascara as mentiras femininas.
Existem aqueles que nascem com o don de entender essas hipócritas mentirosas. ( Que nos Homens amamos), Mas que sabemos no fundo que lidamos em sua maioria com mulheres mentirosas e hipócritas.

Anônimo 17 de abril de 2014 01:45

O autor deixa claro que as críticas são para um tipo de mulher as tais espertinhas e afirma que não se refere as mulheres sinceras.li e não vi nada de misoginia,é um livro para quem deseja se relacionar,ter algo mais serio com as mulheres.porem não concordo com algumas coisas,se estou com uma mulher espertinha para que continuar com ela? Seria melhor terminar não é?... para que tentar lidar com os jogos delas,o melhor não é terminar? Creio eu,que quase todas elas jogam com alguma coisa,fazem algum doce,se a mulher que vc esta parece ser boa pessoa mais as vezes faz um cu doce ate vale a pena continuar desarticulando o jogo,mas se a mulher quase sempre te testa,joga com vc,faz cu doce sempre,cena de ciume,mandaela vazar,não continuaria me relacionando com a espertinha.Galera leia,mas não polariza,o autor deixa claro isso.

Anônimo 12 de outubro de 2014 23:30

Brentz

Exatamente. Foi direto ao ponto...

neurociência social

Anônimo 26 de março de 2015 22:02

otima leitura,eu estava na matriz

Anônimo 20 de agosto de 2015 10:27

Li todos os livros de NA e digo que todos os homens deveriam ler, e quem sabe algumas mulheres também, sou um homem completamente diferente do que eu era, hoje tenho um relacionamento sadio e sólido graças aos livros, pois aprendi a separar o "joio" do "trigo". O que me irrita é ver algumas pessoas criticarem as obras dizendo que incita violência ou ódio, quem leu os livros sabe que isso é mentira, NA é completamente contra a violência, manipulação, traição e mentira, seja homem ou mulher, ser homem é muito mais do que nascer com sexo masculino, leia os livros e se torne um homem de verdade.

Anônimo 6 de setembro de 2015 14:15

Eu aqui de novo e faz muito tempo que não entro aqui. Sou o Carl.
Eu confesso que acho extremamente interessante a inteligencia emocional das mulheres. Esse campo a maioria dos homens são fracos. Acredito que boa parte dos joguinhos femininos sai do inconsciente. É por isso que eu nunca levo a sério uma mulher no campo dos relacionamentos.

Dennys | 6 de dezembro de 2015 00:15

Já li todos os 5 livros da coletânea + os textos complementares de NA e já iniciei a releitura. Tenho 21 e ajudou a criar muita sabedoria até então para com as mulheres, claro, adaptando a minha realidadade do meu "eu" e da minha localidade.
Não é extremista, não estimula a violência ou afins. Ele fala da realidade da psiquê feminine (que se encontra um equivalente oposto no masculino), mas que por questão de foco e necessidade social , relata e destrincha com boas e lógicas argumentações a verdadeira face da mulher, que de nada tem a ver com o que vem sendo plantando ,pelo menos nessa parte ocidental do mundo.
Utiliza da psicologia e boas observações, sempre alertando que não é uma verdade absoluta e nem deve ser tratada como tal mas que são factíveis e observáveis, pelo menos nesses últimos tempos. Relata sobre o magnetismo social e, como falou um cara acima, é exatamente isso: uma abordagem geral na neurociência social, e com pitadas em tom místico que vale a pena ler e mantém o assunto em bom foco.
Realmente um bom e interessante livro pra todo homem ( e porque não mulher?) ler. Já Recomendei a meus mais próximos amigos (que tenham mente aberta e boa noção básica de psicologia). Nota 10! Um dos livros desse século.
Fiquem na paz de Deus.

Unknown | 11 de maio de 2017 17:27

Foda demais. Ainda bem que o autor não quis lançar a obra em livrarias, é bom que poucos tenham acesso a este conteúdo.

Nascimento | 12 de maio de 2017 10:15

Gênio. Suas ideias e seus textos são atemporais. Maio 2017.

Joao Carlos Azevedo | 17 de maio de 2017 09:38

Perfeito e Parabéns pelo material, fui dessa forma durante 55 anos e resolvi aliviar, Bueno o resultado já sabe...

samir castro | 30 de junho de 2017 16:20

Nessahan Alita é um gênio.
Muitas coisas ditas, eu já tinha percebido, mas não conseguia organizar as idéias e elaborar toda uma teoria tão foda assim.
Na verdade, não diria teoria, mas um fato. Levei 2 dias para terminar de ler "Como Lidar Com as Mulheres" e assim que terminei de lê-lo a "espertinha" veio jogar comigo. Seu jogo favorito é o de promover ciúmes. Simplesmente apliquei alguns conselhos e toquei o foda-se, ou seja, sem medo da perda. Não deu outra, a fdm ,pra não dizer fdp, ficou frustada e confusa, e logo em seguida veio querer me agradar e me presentear com sexo. Não tive dó e recusei só pra frustá-la de novo. No dia seguinte fui tratado como rei.

O autor é muito foda e seus escritos são únicos. Estou no 4 livro e chego a deixar de almoçar pra me concentrar na leitura.
Não sei quem é vc exatamente, mas vc mudou minha vida pra melhor. Valeu mesmo.

Luciano | 10 de julho de 2017 22:59

obrigado por compartilhar.

Postar um comentário