A idade de ouro pros homens: 30 anos de idade. Sobreviva até lá!

| 42 comments
por Silvio Koerich
Backup do blog do Silvio por Soldado

 Na esquerda, o poder e o tesão que elas sentirão pelo macho de 30 anos. Na direita o homem de 20 anos, fudido, destruído, humilhado.

Não me vem com mentirinhas seu babaca. Não me vem com historinhas. A real é: a maioria dos homens pega POUCAS MULHERES e FAZ POUCO SEXO.

Existe um mito acerca de que os homens são pegadores, comem geral, fazem sexo casual adoidado, ficam com dezenas de mulheres por semana. Pois quando vejo paspalhos ao meu redor falando isso, apenas faça uma cara séria máscula, dou um semi sorriso irônico de faroeste e penso: “Mentira, mentira e MENTIRA”. Parem de mentir IDIOTAS.

Eu sei que a maioria dos homens está numa situação que pega poucas mulheres. Isso se dá muito por uma razão: Homens que tem 20 anos de idade até 29 anos, são ODIADOS pelas mulheres. Elas tem PAVOR de homens nessa idade. É uma idade de pouco dinheiro, feiúra, lado profissional péssimo, faculdade, busão, inexperiência.

E Quem já não passou pela situação de ouvir as mulheres falando “Falta homens no mercado”, “Os homens não querem nada sério”, “Os homens são tudo iguais”, “Não tem mais homem de verdade/a moda antiga”. Tem até uma marcha criada por mulheres chamada “marcha dos sem-namorados” que lota em São Paulo e Rio de Janeiro.

O homem mediano de bem de 20 anos olha isso e quase tem um ataque de fúria. Ora a maioria dos homens QUEREM namorar e ter relacionamentos SÉRIOS com as mulheres e querem sim sexo e ficar e dar beijos na boca. Mas as mulheres NÃO QUEREM ESTES HOMENS. Elas quando falam que não tem “homem no mercado” querem um tipo de homem ESPECÍFICO e não os pobres jovens homens medianos. E este tipo de homem é sabe quem?

HOMENS DA FAIXA ETÁRIA DOS 30 ANOS ESTÁVEIS FINANCEIRAMENTE, PORRA.

Um resumo da minha trajetória (relato do Odonto, 41 anos)

| 9 comments
por Odonto Hard-Metal


Um resumo da minha trajetória - por Odonto Hard-Metal

Bom, bem resumidamente, comigo se deu o seguinte:

Dos 22 anos aos 28 anos, farra geral nas noites, baladas...

Dos 28 aos 32, procurei achar uma minimanente decente para constituir família (acreditava nisso). Não encontrei, todas me desapontaram, não preenchiam requisitos mínimos... nessa época odiava puteiros, era lugar de gente fracassada, jamais frequentaria um (assim pensava eu, um verdadeiro idiota na época, em busca de uma "mulher-exceção").

Dos 32 em diante, já desiludido, retorno à night, mas sem o deslumbre da juventude, não tinha mais o brilho de novidade que tinha aos vinte anos. Saía por falta de opção, pra não ficar noites de sextas e sábados em casa, e porque meus amigos me chamavam.

Estava sem rumo nessa época... os rolos, com as mulheres que eu já sabia de antemão que eram verdadeiras piriguetes modernas, que só prestavam pra meter pirú mesmo, duravam muito pouco... na maioria das vezes era coisa de uma noite ou no máximo alguns poucos dias.

Solteiro e feliz aos 35 anos (relato do Karlheinz)

| 10 comments
por Karlheinz

Avatar do Karlheinz

Gostaria de compartilhar com vocês um pouco do meu bem-estar. A alegria de ser um homem solteiro aos 35 anos.

Tudo que será dito aqui é pessoal, porém tomarei a liberdade de fazer algumas generalizações em relação aos homens maduros psicologicamente bem-sucedidos.

O objetivo deste tópico é mostrar a vocês, principalmente aos mais jovens, o que os espera se não fizerem bobagens homéricas, como casar por paixão ou engravidar alguém acidentalmente.

Muitos de vocês têm vinte e poucos anos e sofrem as amarguras da juventude: carência afetiva, falta de sexo, falta de dinheiro, falta de auto-estima. Venho contar a vocês a minha experiência, e que ela sirva de exemplo e estímulo. Note-se, porém, que maturidade e idade são coisas associadas, mas não iguais.

1- Fiz a minha lição de casa. Estudei muito. Portanto, tenho tempo livre, grana e status. Tenho porque desejei isso. Mas essas não são as coisas mais importantes que o estudo traz, obviamente. Ele nos faz crescer, ficar instruídos, críticos, autênticos, espertos.

A grana pode não ser o seu objetivo, leitor, mas ela será consequência do seu esforço estudantil se este for grande. E é uma consequência bastante agradável, posso garantir. Além disso, mais importante do que a cifra que você recebe todo mês é o quanto você GASTA, e isso, para o homem solteiro, é facílimo de controlar. Para o homem maduro solteiro o dinheiro sempre sobra. Para o casado, sempre falta. Sempre.

Namorada viajou com amigas para o exterior (relato do Simba)

| 7 comments
por Simba

Amigas viajando no México... na balada.

Tópico: [Ajuda] Com namorada
Criado por: Simba (todos os posts dele terão essa cor)

Simba: Amigos,

Estou namorando há 7 meses com uma mina que conheci na praia.

Nessa semana, ela me liga na quinta-feira para me convidar para viajar com ela no feriadão (ela sabe que trabalho na segunda), então eu respondi que ia trabalhar, como ela já sabia.

Então ela me diz que vai viajar com as amigas no dia seguinte (sexta-feira) e só volta na quarta-feira de manhã.


Então disse a ela que podia viajar, mas também não precisava mais me procurar. Que estava tudo terminado.

Ela me acusou de estar sendo infantil e ridículo, que não tinha nada de mais viajar e não sei o que. Mas eu fui firme na decisão.

Mesmo assim ela foi para o Uruguai e está lá agora.

Ontem, ela me liga de lá dizendo que me ama e que quer casar comigo. Fui frio com ela.

Ela disse que estava pensando muito em mim (se estava pensando tanto assim, por que foi viajar e me deixou aqui??)

O que os amigos acham que eu devo fazer??

Detalhe: ela se diz ser uma mulher à moda antiga e ser contra o feminismo.

_____________

Silvio: Vou ajudar o irmão de fé.

Simba gostei muito da tua postura amigo então eu vou te ajudar metendo a real, filtre as merdas que muitos falaram aki e só ouça os old-school, esses novatos de merda querem sentar na janela com os mestres da reais, calem a boca seus paus pequenos.

O que acontece quando o cafajeste é domado (relato do Toguro)

| 13 comments
por Toguro Otouto
Fonte: cmm MMDR


Galera, para quem não sabe, já participo da comu a tempo, sou da elite antiga, antes com o perfil do Douglas (guarana), meu antigo perfil foi excluído por meter a real, hoje em dia estou mais sossegado mas sempre ligado!

E hoje vim partilhar com vc um relato de um episódio ocorrido em minha família!

Tenho um tio que é agende prisional, quero dizer era agente prisional hoje em dia é um paciente de uma clinica de esquizofrênicos e viciados e etc... Mais vou voltar la no começo para entender o por que desse fim...

Meu tio até 39 anos casado, dono de um sitio e uma bela casa em uma praia de Florianópolis, homem bem sucedido porém muito putanheiro adorava uma zona pegava geral, e sua esposa sempre chorando por ele parecia uma cachorrinha no cio atrás dele ele tocava o terror mesmo.

Até ai seu casamento ia bem mulher o respeitava e tal, até que um belo dia sua mulher começou a frequentar a igreja e meu tio junto, não vou citar a religião pois cada um tem sua opinião, mais a religião que ele frequentava é dona de uma grande emissora de televisão, (pra bom entendedor) e tanto que minha tia tentou mudar meu tio que conseguiu, meu tio ja não bebia mais, já não jogava mais bola, parou de sair com amigos e com suas putarias, minha tia estava feliz demais por ter mudado meu tio.

Colocando fim nos jogos femininos (relato)

| 2 comments
por Light Dead Pool
Título original: Colocando fim nos jogos femininos.


Há três semanas, sexta-feira, uns amigos meus iriam tocar um rock em um local aqui na minha pequena cidade. É um local bem fulerinho da galera que curte um rock pesado.

(Quem já foi em locais assim sabe do que estou falando, lugar pequeno, apertado, clima dark, com muito macho que fica pulando junto e lascando porrada em todo mundo, a casa é nova media de publico é 50 pessoas).

A rapaziada que ia tocar simplesmente está começando agora, então me senti na obrigação como AMIGO de ir prestigiar e apoiar o som deles (Bad Religion Cover, apesar de curtir rock, não conheço nem curto muito esse tipo de som, mas fui...).

Digo a minha namorada na terça-feira que iria a tal local, ela não diz nada, até ai tudo bem.
___________

Na quinta-feira, ela aparece aqui em casa, tudo normal, até que um certo momento ela começa a me questionar sobre tal local, diz que existem mulheres freqüentam, eu a disse que só iria prestigiar meus amigos, nada de mais. ATÉ QUE ela entra no assunto que MARCOU com as amigas que iriam ao SAMBA. (QUÊ!?) Eu fiquei surpreso.

Na hora comecei a dar risada, e a perguntei novamente: "você vai aonde??"

Ela: "No samba, com as minhas amigas."

Eu: hahahah, comecei a rir da situação, a olhei friamente e disse:
"Caso você for, nunca mais precisa aparecer por aqui, porque será o fim do namoro, até parece, lugar que é um reduto de vadias e homens frouxos carentes que vão dar encima de ti."

Permitindo a liberdade feminina: cada escolha, uma renúncia

| 2 comments
por Soldado
Texto baseado em Nessahan Alita

A estratégia de Nessahan Alita para os relacionamentos tem dois pontos principais: 1) resistir ao feitiço da paixão; e 2) permitir todos os comportamentos da mulher presenteando-lhe também as conseqüências.

Ambos exigem um contínuo e disciplinado desenvolvimento interior.

Explico o primeiro neste link. Agora explico o segundo.


Permitindo a liberdade feminina: cada escolha, uma renúncia

Aqueles que tentam controlar o comportamento alheio, cercear a liberdade, violar o livre arbítrio, obrigar o próximo a fazer o que não quer etc. estão bem longe de entender o que o Machismo Esclarecido propõe.

A proposta aqui é a da LIBERDADE TOTAL: deixar a mulher absolutamente livre para fazer o que bem entender com a vida dela (mas não com a nossa), mostrando quem ela realmente é.

O apaixonado está tomado por uma incapacidade cognitiva que não lhe permite enxergar a pessoa real pela qual se apaixonou. Em seu lugar, vê a projeção de uma imagem arquetípica idealizada e crê firmemente que o objeto do seu amor corresponde à sua fantasia. 

O que importa é nos relacionarmos com a pessoa verdadeira que se esconde por trás da aparência e não com uma figura idealizada por nossos desejos e paixões.

Obtemos boas provas do quanto somos valorizados quando as deixamos livres. Por exemplo, quando ela insinua ou oferece o seu corpo a outro isso é um sinal de que ela não nos ama de verdade, pois elas sabem como isso é algo sagrado pra nós.

Assim, devemos deixá-las livres, lançando de volta sobre elas as CONSEQUÊNCIAS de suas próprias atitudes. Cada escolha, uma renúncia.

A questão não é proibir, é dar as devidas consequências!

Importante: O desapego é necessário para cumprir a consequência prometida. Se você não cumprir, demonstrará que sua palavra não vale nada e perderá moral/respeito.

Dica: para entender bem como essa teoria funciona na prática, leia alguns relatos deste blog, especialmente o relato Minha prima confirmou a sacanagem feminina.
Exemplo 1: "Você é livre para fazer o que quiser, mas se você fizer greve de sexo eu termino com você."
Exemplo 2: "Você pode ir para a balada sozinha, mas também não precisa mais me procurar, pois estará tudo terminado."
Exemplo 3: "Tudo que ela fizer terá consequências, a partir do momento que ela recebe ligações de homens, está me dando liberdade para fazer o mesmo.

Se for o amigo dela, terei também amigas. Se ela tiver dando para esse cara, também vou comer outras mulheres.

Como não posso ter certeza o que é, pois ficarei com dúvida, vou achar o que quiser e fazer minha interpretação. Se quiser outro cara ou desconfiar que seja, também vou querer outra mulher."
Exemplo 4: "Sua amiga não veio no carro com a gente, ela que volte da mesma maneira que veio. Não tenho obrigação nenhuma de levá-la. Eu até poderia fazer esse sacrifício, mas ela tratou mal a gente o tempo todo."

Resistindo ao feitiço da paixão

| 4 comments
por Soldado
Texto baseado em Nessahan Alita

A estratégia de Nessahan Alita para os relacionamentos tem dois pontos principais: 1) resistir ao feitiço da paixão; e 2) permitir todos os comportamentos da mulher presenteando-lhe também as conseqüências.

Ambos exigem um contínuo e disciplinado desenvolvimento interior.

O primeiro explico agora. O segundo explico neste link.


Resistindo ao apego

A realidade não mudará para se submeter aos nossos desejos. Temos que trabalhar interiormente no sentido de aceitar a realidade, ainda que esta seja dolorosa. Por exemplo, temos que aceitar as mulheres como estão/são, porque os seres humanos dificilmente mudam pelo próximo, no máximo se adaptam temporariamente.

Nunca deposite sua felicidade numa mulher ou em outra coisa qualquer. Quando você faz isso, destrói as suas perspectivas de liberdade. A dependência do amor feminino pode ser escravizante.
Carlos Romero: Não é o ato da renúncia que importa. O que importa é o espírito da renúncia. Você pode ter muitos bens [ou uma namorada] e não ser apegado a eles [ou a ela], desde que se conscientize de que tudo passa, de que tudo nos chega como empréstimo, porque chegará, um dia, em que teremos de abandoná-los. Ninguém é proprietário de nada, a não ser de sua própria consciência.

A Guerra da Paixão é uma luta interna contra nossos próprios sentimentos: o apego, a paixão, o medo de perder, a dependência de estar perto, de procurar, de telefonar, etc.

Também contra os sonhos, as ilusões, as esperanças irracionais, as crenças absurdas que carregamos, inculcadas desde a infância.

Não há outra alternativa além de dissolver em nosso coração todas as sombras do apego, da paixão e do sentimentalismo.
- O apego é quase todo inconsciente. Você só sente a ponta do iceberg. A parte imperceptível do apego influencia você sutilmente, e se torna explícita quando você está perdendo a mulher. As pessoas apenas se preocupam com as coisas quando as estão perdendo.

- Paixão é qualquer emoção ou sentimento muito forte (amor, ódio, desejo etc.), capaz de alterar o comportamento, o raciocínio, a lucidez. A Paixão é uma compulsão que nos torna cegos e dependentes. O amor romântico-passional é insano e não passa de um disfarce sentimental do instinto animal bruto. O amor passional é muito próximo do ódio por ser irracional, instintivo e animal. É por isso que diferentes formas de Paixão – amor passional e ódio – podem coexistir e costumam suceder-se.

- O sentimentalismo é perigoso, dado o seu imenso poder magnético e hipnótico de seduzir e enganar passando-se por algo sublime e espiritual.

Você não é desapegado, no máximo você está temporariamente desapagado. Desapegar-se é um processo contínuo, disciplinado e lento de desenvolvimento interior.

Minha prima confirmou a sacanagem feminina (relato)

| 8 comments
por João
Título original do tópico: 
Minha prima confirmou a promiscuidade feminina.


Olá companheiros.

Na véspera do Natal, umas 11 horas da noite, estava eu, meu irmão e minha prima conversando sobre aleatoriedades, quando derrepente surgiu o assunto de namoros.

Estavamos falando sobre "liberdade" e afins, e minha prima me disse que ia em baladas e festas de faculdade, porque o namorado autorizava e o pior: (palavras dela)

"Ele me da carona até a porta da balada e vai embora. quando acaba, eu ligo pra ele e falo 'vem me buscar' e ele vai e me deixa em casa".

Na hora que eu ouvi simplesmente pensei "NÃO ACREDITO, QUE OTÁRIO".
E eu falei "Caralho, você explora o cara, haha".
Aí eu perguntei: "E aí, você já chifrou ele?"
Na hora ela desviou o olhar e falou meio rindo "Não".
Depois eu "Aham, sei".
Ela "Não posso falar".
Então eu já percebi né. Aí eu falei "Fala logo, relaxa".
Aí ela "Ah meu, ninguém manda ele me deixar ir pra esses lugares. Se vier um cara gatinho do meu lado eu tô pegando, tô nem aí".
E depois ela: "Dou galhada mesmo. Ninguém manda ele autorizar".

Entenda a polêmica do Silvio Koerich

| 18 comments
ENTENDA A POLÊMICA DO SILVIO KOERICH


1) "Silvio Stodieck Koerich" era o pseudônimo de um blogueiro catarinense conhecido na blogosfera, que falava num estilo irônico e sarcástico sobre relacionamentos e "mentiras que as mulheres contam". O Silvio Koerich verdadeiro postava no blog silviokoerich.blogspot.com.


2) Esse blog levantava debates sobre machismo vs feminismo, e sempre foi criticado por várias feministas, mas SEMPRE FOI AUTORIZADO E LÍCITO. Confira o seu texto principal: "Por que eu fiz esse Blog e como ele começou".

SITE VERDADEIRO
(Veja as cores bege e vinho e o pássaro azul.)

3) Emerson Eduardo Rodrigues, pretendendo VINGANÇA contra o verdadeiro Silvio Koerich, por ter sido expulso de um fórum, apropriou-se do pseudônimo "Silvio Koerich", e criou 2 SITES FALSOS, hospedados no exterior: silviokoerich.com silviokoerich.org.

SITE FALSO
(Veja como ele é diferente, todo branco, exceto pela imagem do cabeçalho roubada do original.)

4) Os 2 sites falsos não eram blogs gratuitos como o original (.blogspot.com), mas sim sites pagos (apenas .com e .org).

5) Os 2 sites falsos tinham conteúdo CRIMINOSO E DOENTIO. Exemplos: ameaças de morte, genocídio, racismo, violência contra a mulher, fotos de pedofilia, zoofilia, necrofilia, pessoas degoladas, etc.



6) O Silvio Koerich original ENCERROU o blog dele ao perceber que os 2 sites falsos chamavam mais atenção do que o blog original. Encerrar o blog foi uma medida prudente naquela situação, já que as milhares de denúncias, a Polícia Federal e 
o Ministério Público Federal não conseguiram tirar imediatamente os 2 sites falsos do ar. O grupo Anonymous conseguiu tirar o site da internet, mas apenas temporariamente.

7) Depois de MESES e mais de 70 MIL DENÚNCIAS (inclusive de fãs do verdadeiro Silvio Koerich), 2 dos responsáveis foram PRESOS: Emerson Eduardo Rodrigues e Marcelo Valle Silveira Mello.


Curitiba/PR - A Polícia Federal em Curitiba deflagrou hoje, 22 de março, a “OPERAÇÃO INTOLERÂNCIA” que identificou os responsáveis pelas postagens criminosas encontradas no site silviokoerich.org. Foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva contra E.E.R. e M.V.S.M., moradores de Curitiba e Brasília, respectivamente.

As investigações iniciaram-se a partir de inúmeras denúncias relacionadas ao conteúdo discriminatório do referido site. Até o dia 14 de março deste ano foram registrados 69.729 denúncias a respeito do conteúdo criminoso do site investigado. As mensagens faziam apologia à violência, sobretudo contra mulheres, negros, homossexuais, nordestinos e judeus, além da incitação do abuso sexual de menores. Os criminosos também apoiaram o massacre de crianças praticado por um atirador em uma escola na cidade do Rio de Janeiro em 2011.

O nome “Sílvio Koerich” foi apropriado indevidamente por E.E.R. em represália a uma terceira pessoa que rejeitou as declarações preconceituosas, homofóbicas e intolerantes postadas em um fórum de debates feminista.

FONTE: POLÍCIA FEDERAL

8) Infelizmente, mesmo depois dessas 2 prisões, os sites falsos continuaram online e o nome "Silvio Koerich" ficou manchado. Há outros membros do mesmo grupo criminoso ("SANCTOS") que continuam soltos e se passando por outras pessoas. O vlogger Daniel Fraga foi outra vítima:


9) Algumas feministas nunca gostaram do blog original, então espalham o FALSO BOATO de que o Silvio Koerich original (.blogspot.com) ficou doido e criou os sites criminosos (.com e .org). Também é falso o boato de que o Silvio Koerich original foi hackeado.

10) "Silvio Osni Koerich" é outra pessoa, que não criou nenhum site, nem tem relação com essa história; ele é apenas um professor universitário de Santa Catarina que por acaso tem esse nome. (Além disso, o pseudônimo completo era "Silvio Stodieck Koerich".)

CONCLUSÃO OFICIAL DA POLÍCIA FEDERAL:

Silvio Koerich era o pseudônimo de um blogueiro que REJEITOU as declarações preconceituosas, homofóbicas e intolerantes postadas por Emerson Eduardo Rodrigues em um fórum de debates sobre feminismo.

Em represália, Emerson Eduardo Rodrigues e Marcelo Valle Silveira Mello apropriaram-se indevidamente do pseudônimo "Silvio Koerich". Atualmente esses dois estão presos.

A POLÍCIA FEDERAL DISSE ISSO OFICIALMENTE. Não acredite em boatos de internet.

O BLOG ORIGINAL NÃO ESTÁ PERDIDO, BAIXE AQUI COMPLETO:

Blog do Silvio Koerich - O Perdedor Mais Foda do Mundo
PDF - http://www.mediafire.com/?p6pohrm971h9wj1
MHTML (layout original) - http://www.mediafire.com/?npptxqyug15zyad

BÔNUS - Posts do Silvio Koerich no Orkut
PDF - http://www.mediafire.com/?b0y581zbi2aprwi



Um relato sobre a cretinice feminina (relato do Batman)

| 29 comments
por Batman
Postado na cmm Homens Quem os Entende (HQE)


Fui numa boate ontem. Junto comigo foi a Bruna (mina que eu estou ficando) e o Pedro (irmão dela e parceiro meu). Fomos todos no meu carro, e isso é uma informação importante para a história.

O Pedro é gente boa, porém, absurdamente romântico. Mas eu estou tentando colocá-lo no caminho em que ele seja um pouco mais homem e menos patético.

Era festa de aniversário de uma amiga da Bruna, e entre elas, tinha uma que o Pedro estava completamente apaixonado... Camila.

Ele estava totalmente animado, pois já estava dando em cima dela a muito tempo e ela parecia corresponder; que ele ia chegar nela amarradão; que ia ser uma das melhores festas da vida dele; que ela tinha tudo a ver com ele; que eles ficavam até 2 horas da manhã no MSN conversando; etc., etc., etc.

Eu o avisei para não esperar tanto; que não tinha nada certo; que mulheres são meio complicadas; que se não desse certo com ela, teria outras lá. Porém, dele eu escutei o seguinte:

"Pow moleque! Você tem que parar com essas neuroses sobre mulheres! Tem que relaxar mais! Sei que existe muita mulher escrota, mas outras tantas são legais! Você está ficando maluco com isso!"

Respondi: "Então tudo bem. Só estou preocupado com você... mas se você diz."

Chegando lá, a night rolando e tal, mulher pra caramba. E conhecemos a Camila... que gata! Gata mesmo!

Fui otário, mas aprendi (relato do Sábio)

| 31 comments
por Sábio
Tópico da cmm Elas Preferem os Canalhas


Já fui otário.
Namorei por 5 anos a mesma mulher, nunca a traí. Noivamos e sempre fazia as vontades dela. Eu pagava as contas dela, inclusive o aluguel do apartamento dela. Ela saiu de casa por se desentender com os pais dela, e quis morar sozinha pra ter privacidade e liberdade, apoei como um bom namorado. No dia que noivamos, depois de 4 anos, comprei um carro pra ela. Dei entrada, pûs no nome dela e eu pagava as prestações. Comprei calças da fórum, equatore, bolsas da Ellus, victor hugo... marcas q eu desconhecia. Minha família a tinha como uma filha, irmã, sobrinha. Tranquei minha faculdade por 2 períodos pq na época eu tava apertado e precisava pagar a faculdade dela. Ou seja, coloquei os estudos dela em primeiro plano. Pra mim, tudo girava em torno dela.

Porém, destino é foda.
Uma vez, numa festa de família, presenciei uma cena estranha. Meu primo que já estava bêbado, soltou uma graçinha do tipo: "a tatiana sabe do que estou falando né?". Porra, não sou burro. Guardei aquilo pra mim e não falei nada. Apesar de pagar o aluguel dela e pagar as contas dela, eu tinha horários pra ir visitá-la, pré determinado por ela. Mas ela não contava que eu tinha a chave do apartamento. Dormi com ela, acordei e fui trabalhar. No almoço eu passei por lá e ví meu primo saindo do apartamento dela aos beijos com ela. Nem precisei entrar aquela cena já falava por si.

Poder de Barganha (Posts Poderosos do Silvio)

| 12 comments
por Silvio Koerich
Backup de posts do Silvio no Orkut

Parte 3 da série "Posts Poderosos do Silvio". São alguns dos melhores textos que o Silvio Koerich postou no Orkut. Veja também a Parte 1: Territorialismo, a Parte 2: Começo de Relacionamento, e a Parte 4: A real sobre a missão do Silvio Koerich.

Parte 3: PODER DE BARGANHA


Lições rápidas do Silvio Koerich

1- Se o pai deixar, a filha fará todo tipo de absurdos promíscuos e dentro do próprio teto porque as mães defendem a canalhice das filhas por projeção (queriam fazer o que as filhas fazem)

2- As mulheres NÃO sentem o final de namoros. Elas não gostam dos homens em si (como sempre ensino aki), elas apenas kerem o status de ter alguém porque o status de solteira é terrível pra mulher.

3- Elas têm uma facilidade de arranjar machos que ultrapassa qualquer recurso no mundo. Água é escasso, dinheiro é escasso, petróleo, bens materiais, TUDO NO MUNDO É ESCASSO. Menos uma coisa: Homens pra mulheres. Nunca são escassos e sim são INFINITOS. E o que é infinito não é valorizado.
Soldado: As mulheres têm altíssimo poder de barganha e, como diz o ditado, "poder corrompe".

Começo de Relacionamento (Posts Poderosos do Silvio)

| 1 comment
por Silvio Koerich
Backup de posts do Silvio no Orkut

Parte 2 da série "Posts Poderosos do Silvio". São alguns dos melhores textos que o Silvio Koerich postou no Orkut. Veja também a Parte 1: Territorialismo e a Parte 3: Poder de Barganha.

Parte 2: COMEÇO DE RELACIONAMENTO

O "búfalo rambo" usado pelo Silvio Koerich no fundo do Twitter.

Começo de relacionamento

No começo elas oferecem o paraíso pro homem: sexo de alta qualidade e com alta frequência, nunca negando; carinhos inebriantes; atenção toda pra vc; só há vc de homem no mundo e vc é o melhor; simpática com vc, divertida; doçura, meiguice e sensualidade; respeito total por vc e transparência; fidelidade total e afastamento de machos inimigos.

O homem ao ter toda essa gama de coisas recebe um duro desafio: Ou ele se entrega a mulher e cai de cabeça na relação fornecendo a mesma coisa q ela dá, sendo romantico, apaixonado, dando a vida por ela, pois afinal, ela merece não é?

Ou ele resiste e tenta ser desapegado. Mas aí q está o desafio. É MUITO DIFÍCIL SE MANTER DESAPEGADO com ela sendo tão perfeitinha pra vc. E o pior q quanto mais desapegado vc é, mais ela aprofunda akilo q descrevi.

E ae, quando vc baixa a guarda, se apaixona, faz de tudo por ela, só enxerga ela como mulher, BUM. Ela começa a mudar violentamente de comportamento.

Começam testes, jogos, provocações de ciumes, negar sexo, enxeção de saco, exigencias absurdas, vitimismo.

O cara então q já está apaixonado e bebado por ela, nao consegue se livrar do vício ou reagir pois agora já é tarde: Seu cérebro pertence a ela. Ele vai se destruido aos poucos em insegurança e tristeza, sonhando com a volta dakela menina q ele se apaixonou.

Como conquistar uma mulher – aprenda de uma maneira cara

| No comment yet
por Mat Kearney
Música: Sooner or Later


OBS: o cara alugou.

Poder transforma o homem beta num "alfa artificial". No caso, Poder Aquisitivo.

Custo Fodal Unitário e TETO GP

| No comment yet
por Casseta e Planeta


Minerim: "O máximo de custo que eu tenho com uma fêmea é o TETO GP, esse é o valor fodal unitário que tenho em mente."

Só é sexismo quando os homens fazem

| 3 comments
por The Amazing Atheist
Título original: It's Only Sexist When Men Do It

Conheça o patético roteiro e comportamento dos homens nas baladas

| 16 comments
por Silvio Koerich
Backup do blog do Silvio por Soldado


Se tem algo que mexe com o homem é balada. Os homens ficam patéticos quando em baladas. Eu não suporto o comportamento masculino e feminino na balada, mas hoje eu vou ARREBENTAR com ESSES MERDINHAS de balada e seus trejeitos e comportamentos esdrúxulos.

Esse é o roteiro de um homem que vai pra balada atualmente. Veja que patético o ritual e o comportamento:

1. Primeiro tem akeles filhas da PUTA que vão em postos de gasolina, abrem a merda do capô com akele somzão cuzão parcelado em 24 vezes e colocam funk, pagode e merdinhas eletrônicas pra se achar o fodão. Ficam tomando cuba e cerveja que nem retardados na esperança que as mulheres se impressionem com seus super carro tunados e dêem sexo pra ele por isso. Bixolas.

2. A questão do “look”, de como se vestem é especial: Colocam suas camisas baby look apertadinhas ao máximo no bracinho tosco magricelo, camisas estampadas toscas com dragão ou marcas que ninguém conhece escritos lixos em inglês. Passam akele gel vagabundo ou creme pra arrepiar o cabelo, fazer ondinhas separadas no cabelo, escondem as entradas, a careca, fazem uma palhaçada lá.

Aí Passam akele perfume que só usam pra sair (o único que tem aliás) achando que isso fará sucesso, como se desse pra cheirar algo na balada. Botam calças jeans toscas, faixazinhas ou correntinhas no pulso. Compram halls ou chiclete pra disfarçarem o bafo terrível de cerveja que estarão em alguns minutos.

3. Aí, pra ir pra balada os homens fazem malabarismos. Primeiro bebem que nem condenados pra ficarem mais corajosos pra poder dar em cima das mulheres. Então fazem esquentas toscos. Ficam animadinhos e se sentindo bem, que “hoje vão pegar e catar geral”. Todos animadinhos e felizes.

4. Entram no carro e ficam gritando e dando em cima de toda mulher que vêem na rua, soltando cantadas cretinas, mandando beijinhos, falando “uhuwww”, e se alguma perdida dá atenção ficam todos se achando o bonzão achando que “é pra mim, é pra mim”. Nada mais patético.

5. Chegam na balada, estacionam, estão todos empolgados se achando corajosos e bonitos. Aí se deparam com o que todo mundo vê na balada: Tem MUITO mais homem que mulher, e os homens são superiores fisicamente em força, altura e estilo. Isso já baixa a moral da galera então todos correm pra poder entrar logo pra comprar mais cerveja, whisky com energético pra manter os níveis de empolgação altos.

Como um homem do passado reagiria ao ver a situação das mulheres atuais?

| 16 comments
por Silvio Koerich
Backup do blog do Silvio Koerich por Soldado

Espírito do Búfalo

Eu estava em casa tomando cerveja e tentando arrumar a merda da pia que insiste em entupir, todo cagado e suado puto da cara quando dei um chute no sifão e a coisa desentupiu.

Mas o que eu quero dizer é que depois disso eu resolvi ir num desses caras que fazem contatos sobrenaturais. Estou cansado de programinhas da MTV gayzolas, pseudo-progressistas dominado por apresentadoras mulheres promíscuas, eu queria entrar em contato com meus ancestrais viris poderosos guerreiros para ter mais lições de vida emocionantes.

Qual foi minha surpresa ao entrar em contato com um dos patriarcas da minha família.

Este é um diálogo que tive com Fuderosêncio Stodieck Koerichpatriarca da minha família de Búfalos Reprodutores. Ele é da época de 1850. Veja só as porradas nas fuças que ele me deu e o choque dele ao eu contar os absurdos da cultura feminista pop-metrossexual atual.