Os 5 jogos emocionais e táticas manipulativas femininas mais frequentes: como vencê-los e bloqueá-los

| 73 comments
por Silvio Koerich
Backup do blog do Silvio por Soldado


Olha aqui ôh IMBECIL: Tu estás para ler um guia poderoso com as técnicas de defesa emocionais mais consagradas entre os homens dominadores e másculos. Aqui só tem as táticas mais elaboradas por anos de estudo por homens que estudam os relacionamentos com as mulheres atualmente para tu poderes se defender e não cair em infernos emocionais com elas.

É impressionante a quantidade de homens que são destruídos nos relacionamentos e são dominados e acabados pelas mulheres ou que pedem ajuda para virar o jogo. 

Isso ocorre porque as mulheres entram nos relacionamentos para dominar, submeter e testar constantemente o homem. Só que além dos homens não saberem disso, ao se depararem com estes joguinhos não sabem lidar e enfrentar a mulher no campo emocional. Pra ele o relacionamento é um ambiente de tranqüilidade e refúgio, pra mulher é uma arena de dominação, testes, reclamações, descarrego de vitimismos, exigências, e jogos mentais horripilantes.

Agora eu vou enumerar os 5 jogos mais famosos que as mulheres aplicam nos relacionamentos, explicando o que são eles, pra que eles servem e como bloqueá-los. Chegou a hora da sua virada, chegou a hora de afinar suas técnicas de defesa emocional nos seus relacionamentos, chegou a hora de vencer a arena de jogos mentais cruéis femininos e submetê-las a sua liderança honrada de MACHO dominante viril.

Mas esta é apenas a parte 1 teremos mais jogos cruéis tratados por mim, o homem com a maior libido da América latina.

1- Ficar fria, mal humorada, indiferente, distante do nada

Típico olhar e postura de uma mulher atual jogando com um homem para infernizá-lo mentalmente.

Esta é uma tática e também uma situação que ocorre muito. Como são seres instáveis, emocionais ao extremo, indecisos e a mercê dos hormônios tanto elas esfriam com você tanto por estarem afim de outro quanto pelo prazer de ver você em dúvidas, correndo atrás e isso mesmo depois de tu perguntares se existe algo errado no relacionamento, no trabalho, família, estudos, saúde dela e ela negar.

Pra piorar, elas costumam dar pequenas doses de esperança e carinho para não deixar o homem cansar ou se distanciar. Elas jogam uma gota de mensagem, um telefonema, uma palavra bonita em meio ao mar de frieza o que faz o homem ficar ainda mais em dúvidas e se agarrar nisso como uma comprovação que ainda gosta dele ou não tem nada de errado. “Ora se ela está indiferente, distante e fria porque falaria akela coisa legal pra mim?”
Essa tática faz o homem ficar louco e a cair ainda mais em romantismos, presentes, dúvidas, preocupações e inseguranças, tudo exatamente o que afasta ainda a mulher.

Tática máscula bloqueadora Silvirina: A técnica que usaremos aqui se chama a TÉCNICA DO ESPELHO.

A técnica é destruidora e se resume a: Copiar os comportamentos femininos. Não, tu não vai se vestir de saia e beijar vários cafas na balada seu IMBECIL, mas irá imitar as atitudes e comportamentos femininos.

Assim, a cada frieza, indiferença, momentos de mau humor dela, tu vais pagar na mesma moeda replicando o comportamento dela. Ela ficou dias sem te ligar e só tu ligando? Pare as ligações por vários dias. Ela está distante, estranha? Fique distante e estranho. Ela está chata pra karalho? Seja chato também. Ela está indiferente, falando pouco? Indiferença nela.

Essa técnica bloqueia a tática dela de testar pra ver se tu corres atrás e exige que ela uma hora pare com a palhaçadinha porque tu não vais ceder. Ela verá que contigo isso não funciona.

Se ela se afastar de vez ou der merda, ótimo zé cuzão! Isso quer dizer que ela nunca gostou de ti pra valer e queria um capacho que corresse atrás da princesinha jogadorazinha.


2- Se fingir de desentendida e culpar você ao ser confrontada em uma situação que tu estás certo – “Culpar o inocente”
Uma das técnicas mais PODEROSAS femininas e muito bem elaboradas que exigem uma habilidade de dissimulação incríveis se chama culpar o inocente. Essa técnica é aquela em que quando confrontadas ou acusadas pelo parceiro, as mulheres INVERTEM o jogo utilizando de incríveis habilidades de manipulação e vitimismo para virar o jogo e culpar e fazer o homem se sentir culpado acabando que ele sai por ruim da história e ela como coitada e inocente.

Essa técnica tem uso vasto pelas mulheres onde qualquer coisa que o homem a acuse ou reclame é prontamente invertido, com desvios da discussão pra coisas do passado, reclamações de coisas totalmente fora da conversa, infernos mentais, choros, birras, ameaças, vitimismos, tudo junto até que o homem é obrigado a recuar, aceitar que é o culpado e correr atrás dela pra se desculpar.



Nessahan Alita virilmente resume a técnica feminina do culpar o inocente.
Quando permitirmos que a mulher apareça como uma vítima (sem na verdade o ser) perante nós mesmos, perante elas próprias e perante as outras pessoas, ficamos moralmente endividados. Então sentiremos uma necessidade emocional intensa de bajular, agradar, correr atrás etc. para sermos "perdoados". O curioso é que, quando a manipulação é perfeita, aquele que busca o perdão é justamente o inocente e aquele que detém o poder de perdoar é o culpado. É uma engenhosa artimanha de manipulação mental que inverte a posição de cada um e é típica de mulheres histéricas.

Tática máscula bloqueadora Silvirina: É vital que tu aprendas a lidar com isso porque essa estratagema é muito comum e pode destruir seu relacionamento e sua imagem de macho Bufalo Reprodutor como eu. O próprio Nessahan Alita dá o caminho para destruir esta elaborada manipulação do mulherio:
A chave para lidar com tais estratagemas histéricos é flagrar a provocação em curso e denunciá-la imediatamente, sem dar margem alguma para discussão. Use um tom de voz firme, convicto e grave mas fale pouco, de forma curta, grossa e direta, mirando nos olhos.
Então cale-se ou se afaste até que ela se insinue envergonhada para reconciliação. Se não se insinuar, abandone-a definitivamente, troque-a por outra sem medo pois você não terá perdido nada

NÃO DEIXE ELA SE VITIMIZAR e desviar o foco e vá comunicando pra ela o que o desagradou ou que ela fez de errado. Deves comunicar as conseqüências do que ela fez de forma firme, convicta. Não deixe ela começar a falar um monte e se vitimizar ou te acusar. Simplesmente SEJA INDIFERENTE E SE RETIRE FISICAMENTE E MENTALMENTE, se não for possível fisicamente, se retraia mentalmente se ocupando de outra coisa e a deixe falando sozinha. Isso é vital porque aí ela perde o poder de manipulação (as mulheres vencem quanto mais a discussão se aprofunda SEU BURRO).

Outro ponto, ela vai tentar dar uma ÚLTIMA CARTADA de vitimização falando que “isso a deixa triste” ou “que isso é ridículo” e sai emburrada. Não caia no medo da “dívida moral de pedir desculpas” como Nessahan disse. Tu és o certo da história e não se submeta a correr atrás.

(Comentário do Soldado: achei interessante trazer aqui o seguinte post do Silvio)
As mulheres atuais recebem carta branca para cometerem todo o tipo de erro, canalhices e sairem impunes.

Daí elas utilizam argumentos que se divdem em dois: O primeiro é o famoso "culpe o homem por tudo", que é simplesmente se eximirem de tdo e botarem a culpa no homem que estão, no patriarcalismo, na sociedade machista.

O outro é usar clichês que mostraram ali de "não fike triste, todos cometem erros, todos merecem segunda chance etc".

Elas se dizem o sexo justo, ético, mas quando elas que cometem o erro como traição, elas todas se protegem e se defendem e dizem que é nada demais.

Silvio Koerich, no tópico Homem imbecil largou td pra ser um escravo e corno.

3- Birras, emburramentos, bicos, silêncios

Toda mulher é uma criança birrenta em corpo de adulto. Levá-las a sério e argumentar de forma masculina (racional e logicamente) é o primeiro passo para ser derrotado nos relacionamentos.

Este jogo é famoso. Elas usam estas táticas pra induzir tu a fazer o que ELA QUER e causar ANSIEDADE em ti. Este jogo é perigoso e irrita porque torna o relacionamento um inferno. A tática é simples: O homem ao saber que se fizer algo irá desagradá-la e com isto receberá birras, caras feias e silêncios ele começa a evitar tais coisas e a ficar com medo dela pois sabe que irá ter TORMENTOS mentais e preocupações. Então ele acaba sendo dominado pela mulher fazendo todas suas vontades pra exatamente evitar caos mentais e incomodações e as famosas “caras feias e emburramentos”.

Isso porque o homem busca num relacionamento paz, mas a mulher dominação. Então ele CEDE e se fode pois acaba ficando dominado e vivendo sob medo de fazer ou falar coisas que a desagradem

Tática máscula bloqueadora Silvirina: Não adianta ficar com medo de birras e emburramentos. O medo de causar isso nelas é a fonte de dominação dela sobre ti. A tática é  IGNORE qualquer birra e emburramentos dela, ou seja, VIRE a cara quando ela fizer ou reclamar.

A técnica que usarás aqui se chama "ULTIMATO" do arrombador Nessahan Alita. O ultimato deve ser usado quando a mulher insiste num comportamento que tu já comunicou que não deve ocorrer ou joga e brinca contigo no jogo da sedução. Use firmeza na voz, indiferença e não vacile.

Jogue na cara dela que a birra não irá funcionar. Comunique isso a ela. Se ela faz isso frequentemente, então a tática é comunicar unilateralmente da seguinte forma “Tudo no nosso relacionamento tu reclamas e fazes birra. Eu estou de saco cheio e eu quero que tu pares com isso ou simplesmente eu vou parar de ser agradável contigo e também viverei com a cara emburrada.”

(Comentário do soldado: a tática padrão é IGNORAR. Se não funcionar, faça um COMUNICADO SIMPLES de que aquilo não deve ocorrer novamente. Só em último caso dê o comunicado final, o "ULTIMATO".)

4- Ameaças de término – A ameaça de retirada de afeto

Um dos jogos mais famosos femininos são as ameaças de retirada de afeto. Este joguinho e tática emocional é usada em TODOS os relacionamentos.

Essa tática tem por base um fato que as mulheres exploram bem EM TODO RELACIONAMENTO: o homem sempre gosta mais da mulher no relacionamento.

Há vários mitos que dizem que a mulher gosta mais. É mentira. Elas gostam de PARECER que gostam mais. Elas exibem mais comportamentos ditos carinhosos, elas adoram falar de amor, ouvir musicas românticas, receber presentes mas tudo isso são formas de status, elas gostam da imagem do casal apaixonado mas não sentem isso realmente da forma que os homens o fazem. O homem é mais discreto nas suas demonstrações e ao falar de amor mas dentro de si sente as coisas mais intensamente e verdadeiramente.

Dito isso, o homem por gostar mais e também pela dificuldade maior que tem em arranjar namoradas e parceiras tem MAIS MEDO DE PERDER. E aí que entra o joguinho dela AMEAÇAR ou DAR A ENTENDER que vai terminar para conseguir algo de ti ou pior, pelo prazer de ver teu desespero e TU CORRENDO ATRÁS. O homem que se vê diante da ameaça de perder seu objeto de apaixonamento se DESTRÓI mentalmente e parte a fazer mais ainda as vontades da mulher, se submete mais e corre atrás exatamente tudo o que repudia uma mulher.

Mas apesar de tudo ela está feliz! Porque? Porque nada mais dá prazer e sensação de vitória pra uma mulher que saber que ela é tão poderosa que faz um homem se destruir e rastejar por ela, admite que tem crises com a ausência e amor dela, admite que sem ela nada é o mesmo.

Essa é uma das táticas mais cruéis e PERIGOSAS femininas. Depressões, caos mental, infernos, queda de produtividade nos estudos e trabalho acontecem com os homens devido isso.

Tática máscula bloqueadora Silvirina: Aqui a coisa pega e não é nada simples.

Entre aspas estão comentários complementares de Nessahan Alita o homem que escreveu o maior guia de lida com as mulheres no mundo para nos ajudar nesta tática importantíssima na lida com as mulheres.
  
Primeiro tu tens que parar de ver as mulheres como tábua de salvação.
Nos tornamos submissos, dependentes de que o amor nos seja concedido para que possamos desfrutar de alguns poucos minutos de felicidade. Vemos a mulher como uma tábua de salvação para nossas dores.

O apego que temos a elas é que mata. Leia essa palavra de novo analfa: APEGO. Não podemos ser tão apegados a mulher. Devemos ter vários hobbies, objetivos e espiritualidade. Não podemos passar tanto tempo assim com elas nem separar nossa vida em “antes dela e depois dela”.
Para nos protegermos contra este perigo ou nos livrarmos desta doença emocional uma vez que esteja instalada, precisamos empregar corretamente a vontade, a disciplina espiritual e a disciplina mental. Não é à toa que muitos ascetas espiritualistas de diversas religiões evitaram as mulheres e o sexo. O inferno da paixão é realmente insuportável e poucos triunfam sobre ele.

Também evite abdicar de atividades que fazia antes. Futebol com amigos, vídeo-games, clubes da luta, academia, buteco com a rapaziada, ver o time jogar, tu não podes abdicar de nada disso por elas. Quanto mais tu abdicas disso mais apegado tu vais ficar em relação a ela porque ela se tornará tua única fonte de prazer.
Quanto mais feminina for a mulher, mais fascinante e perigosa será. Devemos, desde o início da relação, resistir ao fascínio, combater as lembranças, fantasias e pensamentos relacionados ao amor

Cuidado também com o fascínio do cheiro, sexo, beleza, sensualidade, trejeitos que elas tem. Isso te deixa inebriado e hipnotizado. Deves procurar não se apegar a estes símbolos e pensar muito nisso. Não se deixe cegar CAPACHÃO.

Isso é o básico que tu deves saber. Não se preocupe que o blog tratará mais sobre isso.


5- Os infernos mentais causados pela DÚVIDA

Essa é uma das maiores canalhices femininas e tu precisas tomar extremo cuidado. As mulheres são simplesmente MESTRES na arte de falar uma coisa e fazer outra. As mulheres foram criadas desde pequenas durante todas a história a mentir, dissimular, ludibriar os homens.

Lembra daquela guria que dizia gostar de homens sensíveis e legais mas só ficava com fortões badboys? Daquela guria toda certinha que ficava com vários na balada? Daquela tua paquera que dizia uma coisa pra ti mas se comportava de outra forma? Da namorada que dizia uma coisa mas agia de outra forma?

Leia este trecho de Nessahan Alita pra entender bem a canalhice feminina neste jogo:
Os joguinhos infernais envolvendo a dúvida visam nos forçar a demonstrar que sofremos terríveis dores de paixão, crises de ausência ou de ciúmes e jamais são reconhecidos por aquelas que os praticam. (..) a mulher age como se nada estivesse acontecendo ou nega terminantemente tudo quando interrogada, com a maior cara de pau. O confronto sempre é evitado por ser esclarecedor.

Quando tentamos desencadeá-lo, o diálogo é desviado para discussões subjetivas, polêmicas ou teimosias caprichosas que preservam as dúvidas, confusões e indefinições. Ela jamais dirá a verdade a respeito do que sente, pensa e faz. A despeitode quaisquer consequências, nunca admitirá o óbvio, motivo pelo qual é absolutamente inútil dialogar ou tentar acordos abertos, explícitos, sinceros e honestos. É igualmente uma perda de tempo exigir esclarecimentos, condutas transparentes, definidas, coerentes etc.

O melhor é simplesmente observá-las e tomar as decisões por nossa conta.

Tática máscula bloqueadora Silvirina: Assim PASPALHÃO, confrontar as mulheres, exigir explicações, se irritar e ficar sofrendo infernos mentais pelos comportamentos ambíguos femininos não funcionam. Elas NUNCA admitirão NADA pra ti. Elas vivem assim, com 2 faces.
A melhor solução para destroçar este joguinho infernal é simplesmente afastar-se em silêncio ou interromper o contato imediatamente após detectar o menor indício de comportamento estranho. Então aguarde, aguarde e aguarde. Se você for procurado, desmascare e exclua definitivamente da relação aqueles mesmos gestos carinhosos que antes lhe foram negados. Se você não for procurado, fique contente pois isso significa que ao seu lado havia apenas uma criatura que não prestava para nada além de mentir.

Por isso vem um dos ensinamentos mais poderoso que se tem na lida com as mulheres que tu aprendes só aki: "Nunca observe ou dê bola para o que as mulheres falam, mas sim observe seu comportamento e atitudes."

Ignore quaisquer invocações femininas de pureza, que querem caras legais, de que adoram carinho, de que não fizeram nada pra ti de errado, de que não flertou com outro cara, de que não deseja outros homens, ou seja, TUDO o que elas falam. Observe o COMPORTAMENTO E ATITUDE delas.

Tu ficarás impressionado.
_______________

Essas são as 5 artimanhas, joguinhos canalhas femininos mais freqüentes e perigosos mas a lista não para. É vital estudar isso e ser esperto para identificar a mulher no momento que está usando seus joguinhos sobre ti e partir para o contra-ataque e a defesa.

O mais importante de tudo, se eu com minha libido absurdamente alta e agressiva fosse te dizer, é a tática número 4. Isso porque o homem só pode bloquear os jogos femininos se VENCER O APEGO. Homens apegados que tem medo de perder, muito dependentes não conseguem aplicar as técnicas ensinadas exatamente porque acham que isso fará ela deixar de gostar de ti.

Ora seu merda. APRENDA. Quanto mais carinhoso, atencioso tu és o efeito é O CONTRÁRIO. Apenas o homem consciente e desapegado e que internaliza o fato que elas NÃO QUEREM SENSIVEIZINHOS e BONZINHOS e exatamente dão sexo e carinho para o oposto é que estará apto a realmente aplicar as técnicas.

Karalho porque eu não torno meu blog pago? Eu estou salvando mais homens que o SUS jamais fará.

Observação aos Babacas de plantão: Antes que comecem a TORRAR o meu SACO (enorme) de que “os homens fazem isso também” já vou meter o recado bem na CARA: homens fazem o que eu falei mas está presente exatamente em quem? Cafajestes e pau no cus. Já as mulheres a esmagadora maioria tem a habilidade de manipulação e o utilizam. O mais absurdo é que as mulheres dizem que os homens emocionalmente não são como elas, não tem as mesmas superiores habilidades de comunicação, tato social e íntimo etc, mas pra essas ENGENHOSAS e CRUÉIS artimanhas mentais aí, de repente, somos tão proeficientes quanto elas. Hipócritas, contraditórias, burras ou tudo ao mesmo tempo?

Veja também:
Como manipular os homens: joguinhos mentais para garotas malvadas

73 comments

Lucas | 12 de julho de 2012 16:15

Muito bom esse texto.

O_Marechal | 17 de julho de 2012 10:38

a 1, 3 e 5 são os piores.

O_Marechal | 17 de julho de 2012 10:38

o da 5 é uma espécie de violência psicológica, o grau de violência sofrida vai depender do nível de apego do sujeito pela parceira.

Anônimo 17 de agosto de 2012 22:47

Conheci uma moça que falava com uma certeza absoluta (e acreditava nisso) "Para mim, aparência não importa". Bem, na verdade isso não era bem verdade. Ela ficava com caras feios, mas jamais com alguém cuja aparência fosse de fraco ou possuísse traços suaves.
Depois vi que ela queria era dar para caras poderosos e fortes.

TEIXEIRA DE MACEDO DESIGN E PROJETOS | 26 de agosto de 2012 23:54

porra do caraio, agora entendi por que meu relacionamento foi pro vinagre, pega fogo também!!!

Alex Augusto | 16 de setembro de 2012 13:35

Fantástico... precisamos espalhar isso pelo mundo e libertar o homem da escravidão fundada pelo romantismo.

Anônimo 8 de outubro de 2012 14:15

Boa champz. mas pensar que são assim sempre é sacanagem né? -brinks, eu notei ali que a MAIORIA, GRANDE PARTE ESMAGADORA DAS MULHERES FAZEM ISSO, ou seja: não todas. mas podemos aprender, somos mais inteligentes como confirmam estudos, aprendemos e podemos usar a magia contra o feitiçeiro, e se duvivar, até mais forte.

Tenchin | 9 de outubro de 2012 22:07

Muito bom ter resgatado esse texto do blog do Sílvio. Sílvio ainda vive em cada que desperta pra Real.

Anônimo 7 de novembro de 2012 17:20

Queria ter lido isso 5 anos atrás...........

Anônimo 18 de novembro de 2012 20:16

Ajudem a divulgar o blog. Sejamos Pró ativos. Homens Uni-vos!

Anônimo 24 de novembro de 2012 03:56

"Karalho porque eu não torno meu blog pago? Eu estou salvando mais homens que o SUS jamais fará." De verdade, se vc começasse a cobrar, eu pagaria, serio msm, foda demais

Anônimo 3 de dezembro de 2012 04:05

AULA !! sem mais a declarar

Anônimo 3 de dezembro de 2012 05:48

Ótimo texto.

Anônimo 4 de dezembro de 2012 19:39

A insinceridade feminina é uma constante nos relacionamentos atuais. Eu tenho 33 anos e já tive diversos relacionamentos, conheço a real há muitos anos e sempre, sempre me vejo no mesmo cenário: após o início de relacionamento, e sua consequente evolução, os testes começam. E não interessa o perfil do homem, seja rico ou pobre, tenha status ou não, seja dominante ou submisso, cafa ou donzelo, você será testado.
Mas uma das coisas que percebo é que quanto maior o grau de promiscuidade de uma mulher, mais sutis e estratégicos são seus jogos. Sutis, porém maquiavélicos. mulheres nunca utilizam o que houve de bom e ruim nos relacionamentos passados para o bem da nova relação. Usam apenas o pior e engendram planos de dominação sobre o homem escolhido para relacionar-se.
O que achei incrível neste post, que estou relendo na verdade, pois já o tinha lido no blog do Búfalo Silvirino, é que a sequência do texto se dá quase que da mesma forma nos relacionamentos, numa crescente de acordo com o grau de promiscuidade da mulher.
Para quem quer realmente conhecer uma mulher dentro do relacionamento, apenas observe estas atitudes citadas aqui, quanto mais presentes no comportamento dela, mais promíscua esta mulher é, mesmo que diga o contrário.
Parabéns por resgatar estes sagrados mandamentos, meu caro!

Anônimo 5 de dezembro de 2012 00:27

PUTA QUE PARIU! Dizem que só se aprende com o erro. No meu primeiro relacionamento fui capacho de uma mulher ai por um bom tempo. Se você tornasse este blog pago, eu pagaria. Aula mesmo, parabéns. E porra, NUNCA MAIS VOU SER CAPACHO DE NINGUEM.

Anônimo 9 de dezembro de 2012 17:13

Resposta rápida e objetiva para isso:

Não levar mulher a sério.

Mulher é igual criança, não pode ser levada a sério. Eu nem levo a sério o que diz uma mulher. Pode ser coisas boas ou ruins, mas eu não consigo levar a sério. Talvez seja por isso que eu até que tenho uma boa relação com elas (não falo aqui de namorar ou casar), justamente porque eu estou cagando e andando para o que elas falam e pensam. Eu também falo o que eu quero para elas e tô nem aí se elas vão achar ruim ou não. Não fico preocupado tipo: "a, ela é mulher, não posso ser agressivo ou falar palavrão". Eu sou direto e falo o que vem na minha cabeça e tô nem aí se elas vão se ofender. O engraçado é que elas gostam disso.

Portanto, não levem mulher a sério.

Anônimo 6 de fevereiro de 2013 17:14

isso ae feraaaaa
continue com esta disposição
cara eu fui o cara mais otario de todos
fui uma mistura de bonzinho c canalha
sabe aquele que não aguenta ver a mulher triste
mesmo sabendo q ela foi lazarenta
mulherr, nao interessa, se eh da familia, ou de fora
todas
TOOOOOOOODASSS
jogamm
quer entender isto mais rápido do que na vida real
veja o comportamento no facebook

moral da historia
n troque amigos, nem distrações por elas
nuncaaa
e se vc trocar amigos por ela, a probabilidade desses serem os caras que vao comer ela eh altaa

Anônimo 22 de março de 2013 13:43

eh.... lembrando que eu sou apaixonado pela Simone Spoladore, mesmo ela fazendo essa cara de mulher jogadora, rsrs! Pra mim, ela é perfeita, uma princesa, uma..... tá, parei. :P

Anônimo 26 de março de 2013 09:46

Pro anônimo aí em cima, do dia 22/03:

Pô véi, qualé a tua? Se apegando e cultuando as mulheres, e ainda mais uma mulher dessa.

Na boa, meu irmão, VÁ SE FERRAR! (No bom sentido, claro)

Vá ter um relacionamento, quebre a cara, depois volte aqui e releia o texto todo para ter certeza qeu APRENDEU!

Nathalia | 28 de março de 2013 19:06

Olá, acredite, apesar de ser uma mulher, eu adorei este blog.
Indiquei para o meu irmão, para poder lhe dar melhor com a namorada dele.

Anônimo 2 de abril de 2013 17:21

Baaaaaahhh! Cara! Muito bons os teus artigos, bah, estás de parabéns.
Obrigado!

Antônio Fernandes | 5 de abril de 2013 01:22

Karalho porque eu não torno meu blog pago? Eu estou salvando mais homens que o SUS jamais fará.

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Não cobra não parceiro, faça como o SUS, salve vidas de graça.

Guilherme Leite | 8 de abril de 2013 16:04

to vivendo isso no meu noivado...a cidadã mora em são paulo e eu no rio... nos falamos por sms ou whatsapp mas como trabalhamos durante o dia fica complicado, e a noite? auhauha a noite ela quer falar com a mae, coma filha, ver novela, comer, tomar banho e qd vai falar comigo ja sao mais d 23h e ela quer dormi pq vai acordar as 5:30, eu sempre cobrei mais atencao dela, por mararmos longe e tal e qd estive em sao paulo ela me tratou friamente, so dava atencao pra filha, nao desgrudava da menina, nao impunha pra garota q queria ficar cmg, enfim... voltei pro rio e no mesmo dia (a noite) brigamos pq ela nao tirava um tempo pra falar cmg pois entao a "noivinha" pediu um "tempo" um "espaço" pra saber oq realemnte quer.... como nos sempre fomos mt amigos e nos falamos o dia todo todo dia, achei natural q no namoro/ noivado fosse igual, e ela ainda fez questao de me "proibir" de falar com outras amigas por sms "vc nao tem q ficar de papinho com outras mulheres" ta, ate concordo, nao gostaria q ela ficasse de papao furado com marmanjo por ai, entao decidi segurar a onda com as amigas, mas ela nao me da atençao q as amigas davam....

Anônimo 8 de abril de 2013 18:05

A MELHOR FRASE!

"Nunca observe ou dê bola para o que as mulheres falam, mas sim observe seu comportamento e atitudes."

bugnet | 8 de abril de 2013 19:31

Lamentável verdade, conheço muito cara que passa por isso, fica babando ovo, barganhando sexo com a mulher, ele mesmo coloca ela num pedestal acha que é santa patricinha isso e aquilo, e é apenas um otário, homem que é homem tem que chegar e fazer acontecer, marcar território e dar de ombros pra que elas valorizem, se não você, o próximo, decentemente !

Anônimo 8 de abril de 2013 19:31

pra mim foi esse ums dos melhores textos ja lidos aqui na real, agora q ja comprei o livro "o guia do macho alfa" volume 1, estou com bem mais conhecimento em relaçâo as mulhereS, Obrigado.

Jehckson Alves | 8 de abril de 2013 22:43

Onde eu assino?

Merecedor de aplausos de pé esse texto pqp falou muita coisa

Anônimo 9 de abril de 2013 01:51

100% funcional recomendo... mando bem cara.

Anônimo 9 de abril de 2013 20:16

Texto sincero. Nem todas, mas realmente muitas. Eu tenho vergonha alheia de outras mulheres em relacionamentos. Sou mulher. Não vim paquerar ninguém aqui. Estou no Estado de SP. Tenho criticado o "feminismo" que vem instaurando uma luta de poder. Nada mais que isso. Vejo outras mulheres querendo dominar não só o homem, afetivamente, mas o poder mesmo! Cargos, posições. Não entendo porque não basta querer ter as mesmas oportunidades. Isso não significa que temos a mesma força física (não temos, apesar dos filmes americanos), nem que temos maior força intelectual (como algumas séries de TV querem mostrar). Estava fazendo uma pesquisa sobre jogos manipulativos no ensino da matemática e achei vocês. Estudo na UNICAMP. Até!!

Soldado | 9 de abril de 2013 23:06

"jogos manipulativos no ensino da matemática"

O que é isso? hahaha

Soldado | 9 de abril de 2013 23:08

"jogos manipulativos no ensino da matemática"

pesquisei no Google. interessante.

Anônimo 10 de abril de 2013 17:13

Oi, Soldado: se está vestido para a guerra contra as mulheres, então a situação é pior do que imaginava. Entrei somente hoje, por isso não pude responder eu mesma sobre jogos manipulativos. Mas graças à minha preguiça de escrever "jogos manipulativos e computacionais em matemática", caí aqui. Sinto-me aliviada por ver um lugar de resistência. Há muitas mulheres antiéticas, infelizmente. Usarão de armas de sedução para conseguir o que desejam sem o menor constrangimento. Sou mulher. Com minha mãe, irmãs, minha ex-sogra, ex-cunhadas: reparei em como homens podem ser violentados psicologicamente por meio de palavras. Eu tinha o "testosterona" como estudo da resistência masculina (obviamente, quero me armar mais ainda: feministas são fogo e não as peitarei tão cedo...). Agora tenho vocês também. Bravo!

Anônimo 11 de abril de 2013 01:07

Silvio, excelente material, tenho 29 anos, sempre achei que as mulheres jogavam mas não tinha certeza nem argumentação científica, agora eu tenho graças ao Blog, uma dúvida, na número 5, no trecho:
''Então aguarde, aguarde e aguarde. Se você for procurado, desmascare e exclua definitivamente da relação aqueles mesmos gestos carinhosos que antes lhe foram negados''
Como assim desmascare e exclua definitivamente da relação os gestos etc??? Fiquei confuso nessa parte, se puder explica melhor ou dê um exemplo, valew

Soldado | 11 de abril de 2013 22:20

Anônimo 11 de abril de 2013 01:07,

"Então aguarde, aguarde e aguarde. Se você for procurado, desmascare e exclua definitivamente da relação aqueles mesmos gestos carinhosos que antes lhe foram negados"

Essa frase é do Nessahan Alita. Acho que ele quis dizer o seguinte: "aguarde. Se ela procurar você, comunique que você não aceita indefinição, e corte completamente os gestos carinhosos por um tempo".

Anônimo 12 de abril de 2013 01:04

Sim é um pouco confuso, acho que é isso mesmo, antes o cara era carinhoso, a mina sumiu, então agora quando ela procurar se ela procurar, ai o cara corta os gestos carinhosos.

Ewerton Rodrigues | 13 de abril de 2013 01:47

1,2,3 são os mais comuns e os que eu mais quebrei a cara, como eu gostaria de saber disso a mais, teria evitado maus momentos... excelente post

Anônimo 14 de abril de 2013 15:36

Soldado me tira uma dúvida?
Nessa frase do Nessahan, é para cortar os meu gestos carinhosos come ela? Ou cortar os gestos carinhosos dela comigo?

E antes ela que negou os meus gestos carinhosos?

tarcisio americo | 16 de abril de 2013 16:29

Vcs estão salvando a minha jovem vida...
fiquei feliz que eu não era o único paspalhão da terra, tenho hj 20 anos e já fui capacho de minha ex, graças a deus que conheci esse Blog em tempo e esse artigo é FODA D+++++

Parabéns Silvio vc realmente está salvando os homens e quem sabe daqui a uns anos não existam mais paspalhões como hj em dia...

Soldado | 18 de abril de 2013 00:15

Anônimo 14 de abril de 2013 15:36,

Não se apegue a um trecho específico do Nessahan, por dois motivos:

1- NA erra muitas vezes. Leia criticamente.

2- NA repete suas idéias várias vezes nos livros, se você não entendeu numa parte, ele explica com outras palavras mais na frente ou em outro livro.

Na frase, acho que ele quis dizer "se antes ela negou gestos carinhosos com você, então corte seus gestos com ela". É a técnica do espelho.

Anônimo 19 de abril de 2013 20:22

Tudo verdade... incrível como eu me vi inteiramente na condição desse homem descrito! Eu deveria saber disso tudo desde que me entendo por gente, jamais teria me fudido tanto... parabéns pela visão ampla do problema! E existe aí uma solução! Valeu mesmo!

Anônimo 27 de abril de 2013 07:50

O pior é que tem homem assim tambem '-'

Paulo César 29 de abril de 2013 02:40

Eu conheço a real faz 1 ano por intermédio de um amigo, e no momento estou em um relacionamento, infelizmente eu caí na Tática 2 faz um tempo. É um saco mesmo.

Rayan Nihil | 12 de maio de 2013 11:27

Concordo com a maioria,creio que mulher também gosta de romantismo, oque acontece é saber a hora de aplicar, saber ser firme e ignorante quando precisa e tratar bem quando merece.

Anônimo 19 de maio de 2013 22:43

Queria ter conhecido tudo isso há 10 anos atrás.

R

Anônimo 28 de maio de 2013 13:34

Nunca li tanta verdade num lugar só.

Anônimo 29 de maio de 2013 23:40

Queria ter lido esse texto 5 anos atrás! Casei, tive duas filhas e me ferrei! Vadia!

André Oliveir | 19 de julho de 2013 00:24

muito bom velho;; queria saber tudo isso há anos atrás, mas chegou em boa hora, valeu mesmo.

Anônimo 3 de agosto de 2013 01:04

Muito bom !!
São coisas que todos nós intuimos mas não racionalizamos.
Quando lemos um texto desses e do Alita as coisas se organizam e vem aquele clarão no cérebro: putz como venho sendo imbecil todo esse tempo... se soubesse disso antes.
Cara, isso é um serviço de saúde pública (mental, emocional, etc) que você está prestando.

Anônimo 9 de agosto de 2013 18:35

esclaredor e realista!

Anônimo 10 de agosto de 2013 00:43

cara você é o mestre

Anônimo 5 de setembro de 2013 22:59

Soldado, conheço há anos uma guria cara feia. Era difícil lidar com ela. Conheci este blog (obrigado, cara, vc está salvando vidas!) e comecei a aplicar as técnicas ensinadas aqui e, veja só, a menina já está confusa e mais atenciosa. Submissão, agora, nunca mais!!!

Anônimo 12 de setembro de 2013 22:41

Puts, soldado, conheci uma outra guria não faz duas semanas e ela já começou com o procedimento número 03, nem conheço direito e a dita cuja já partiu fazer birra e silêncio. Incrível como o procedimento é padrão, todas fazem, não há exceções. Vou tentar usar as técnicas que aprendi aqui, se continuar, vou cair fora. Obrigado mesmo pelo blog! é a tábua de salvação!

Anônimo 20 de setembro de 2013 19:04

Mandei um -email pra você soldado,
Namorada Promíscua

Soldado | 22 de setembro de 2013 02:38

Anônimo 20 de setembro de 2013 19:04,

email respondido

Lilith | 28 de setembro de 2013 20:56

Eu costumo usar os ensinamentos q aprendo aqui , depois de algumas adaptações, com meu parceiro e tenho conseguido bons resultados > ele antes me tratava cm frieza e não valorizava meus esforços para agrada -lo , depois q comecei a mudar e trata-lo da mesma forma q ele me tratava o cara mudou bastante . Dou a ele o q ele me dá assim a coisa fica equilibrada e sem cobranças .
Se telefonar pra mim , eu telefono de volta , se me der um presente eu dou outro , se não me der não recebe , se me fizer carinho, darei carinho , se for grosseiro comigo , ele perde atenção e carinho até reconhecer seu erro . Tenho minha vida , meus interesses e não vivo em função dele , ele é apenas uma parte da minha minha vida ,pra mim , eu estou sempre em primeiro lugar . Melhor assim pra não sofrer no caso de término .

Anônimo 18 de outubro de 2013 14:38

kkkkk a primeira foi pra mim, to conhecendo uma mina na facul, e ela faz exatamente esse joguinho comigo, é fria, não fala nada, indiferente e tal. Foi bom eu ter lido isso!

Anônimo 6 de janeiro de 2014 01:41

Aqui meu aviso aos navegantes: Eu ja passei dos 30, combatente diversas vezes ferido, mas aguerrido. Já havia lido Nessahan Alita e vários mestres gringos e brazucas. Fui escravo de mulheres lindas e fui canalha com mulheres que me tratavam como um rei. Depois que achava que sabia, depois de ler N.A. pela primeira vez tive um bom período de liberdade e "amoleci" (nao penianamente). O bom hábito de preferir mulheres entre 18 e 25 anos me fez pensar que havia atingido um nível de proficiência na arte, pois diante de tantos jovens incrivelmente mais bobinhos um combatente mais experimentado teria algumas vantagens. Eu estava errado. Me tornei novamente escravo de uma mulher cruel e falsa, que pra minha humilhação tinha apenas 18. Elas são como a jararaca(serpente): mesmo jovens já possuem veneno suficiente para matar um homem. Hoje me deparei com esse blog após chegar em casa frustrado, pois após sofrer tudo novamente, arrumei outra mulher mais jovem para esqquecer a "serpente escravagista" anterior e para minha surpresa percebi que estava indo pro mesmo caminho com a mulher que eu peguei para usar. Estava me deixando encantar novamente e ela após uma noite ao meu lado sendo fria e manipuladora, diante de amigos em comum, me deixou no vácuo e nem beijo de despedida. No caminho para casa me toquei que estava sendo a vítima da minha vítima, repetindo um padrão de "auto-sabotagem". Rumei para o qg e resolvi procurar material de reevisão, me rearmar. Não sou fã de koerich, possuo grandes divergências ao pensamento dele, mas tenho convergências, tento ser como a água, como Bruce Lee. Escrevo-lhes para dizer que a mais importante constatação é que: A GUERRA É CONSTANTE, é preciso estar sempre ou de prontidão vigilante ou em treinamento quando não se está envolvido. Você esquecerá várias vezes e precisará voltar a ler, voltar a praticar, fazer auto crítica, revisar velhos métodos e re-ler. Obrigado ao autor do blog por facilitar esse processo. Um exército é obsoleto não pela idade das armas, mas pelo desuso das táticas. Obrigado soldado, hoje eu precisei de cobertura no front e encontrei. Si vis pasem, para belum!

Kel Ferraz | 10 de março de 2014 13:54

eu achei o máximo isso!!!!
sou uma mulher e odeio os jogos emocionais e as
vezes inconscientemente tenho esses comportamentos!
mas um cara de atitude muda tudo... e a relação fica agradável!

Anônimo 21 de outubro de 2014 14:27

Kel, vc odeia mas faz a mesma coisa. Sem mais perguntas meritíssimo!

Anônimo 23 de outubro de 2014 15:57

Sou mulher, namorei durante um tempo com um cara, acho que ele fazia papel de mulher então kkkkkkk Me deixava atormentada com dúvidas, ficava quieto e frio de repente, fazia chantagens emocionais para conseguir o que queria. Eu tinha vontade de matá-lo, sempre fui a favor da conversa para resolver as coisas, mas ele não falava. Foi um grande desafio tentar entender aquela mente.

Anônimo 7 de novembro de 2014 15:47

Queria ter lido isto bem antes de me separar devido a exaustão de me defender das táticas manipuladoras de maneira errada.

Anônimo 7 de dezembro de 2015 09:48

Se eu tivesse lido isso antes de sair, tinha me saído bem na discussão.
Esse blog é o melhor, verdadeira aula.

Anônimo 5 de agosto de 2016 14:25

Pq não achei esse blog antes? fui romântico com ela e ela me dava sinais para isso, no final ela acaba gostando de outro e ainda diz que foi eu que criei expectativas ... pode isso?!

Anônimo 5 de janeiro de 2017 11:27

Maaano não faz isso!!! O Homem alfa nunca iguala os comportamentos femininos!!!! A melhor estratégia é não deixar o comportamento dela te dominar. Veja bem... Se você chegou feliz porquê ganhou um campeonatode futebol e ela ficou indiferente daí você vai esquecer sua felicidade e ficar indiferente também??? Se fizer isso JÁ PERDEU!!! A tática da mulher manipuladora é te tirar do seu equilíbrio e te jogar no campo de atuação dela. Se você começa a igualar os comportamentos femininos de fazer birrinha, ficar indiferente, fazer chantagem, VOCÊ ESTÁ AGINDO COMO UMA MULHER E NÃO COMO UM MACHO!!!! A danada da mulher percebe isso, PORRA é a área de atuação dela CARALHO!! Vocês vão todos se emboiolarem se caírem nesse. MACHO NÃO FAZ JOGO SENTIMENTAL PORRA! MACHO É MACHO! Você vence as artimanhas da manipuladora é NÃO ENTRANDO NO JOGO DE MANIPULAÇÃO, não permitindo que ela modifique seu comportamento. Se você tá puto voce tá puto, se você tá feliz VOCÊ TÁ FELIZ!! e nenhum jogo sentimental de mulher pode mudar isso. Se você fez joguinho porquê ela fez isso ou aquilo, você PERMITIU que o comportamento sentimental da mulher modificasse o seu BOIOLA. TUDO ERRADO, TUDO ERRAADO CARAIO!

Anônimo 26 de janeiro de 2017 20:11

Alguém pode transformar isso em PDF e me enviar
Pra eu sempre reler ?
11953412396

Anônimo 24 de fevereiro de 2017 16:14

Antes tarde do que nunca, saí de um relacionamento de mais de 10 anos e do fundo do poço..sofri TODOS, sim TODOS os jogos emocionais citados e é a mais pura verdade, quantas culpas assumi mesmo estando certo, quanta coisas tive de aturar, quantas birras, quanta coisa ela não admitiu e etc. e agora, a cidadã não satisfeita, quer me arrancar dinheiro (pensão) mesmo não tendo filhos e ainda quer fazer parecer que é a vítima da história e eu o monstro (como sempre).
Olha, seu site ao mesmo tempo bem humorado é maravilhoso e esclarecedor...sim, me sinto um grande otário por ter aturado isso tanto tempo de minha vida, mas hoje não, jamais cairei nessa novamente e tudo que aprendi lá no fundo do poço é que não tive AMOR PRÓPRIO, não me valorizei, não me respeitei e como consequência, deu no que deu. Então se eu (fracassado) puder passar alguma experiência para alguém ou dar alguma dica dessa experiencia ruim é: - TENHA AMOR PRÓPRIO, está cheio de mulher bacana por aí e tenha certeza que irá encontrar caso seja de sua vontade.

Anônimo 17 de março de 2017 11:35

sinceramente eu até já sabia de alguns itens digamos...mas não tem bem estruturado e colocado assim de forma didática ...muito bom mesmoooo..eu diria sensacional amigo ! abrs

kleiton rodrigues | 26 de abril de 2017 10:52

Mano vc merece um oscar kkk

Anônimo 4 de maio de 2017 10:21

Cara, a número 5 é a pior delas...

damião | 27 de junho de 2017 14:14

Muito bom, merece ser lido e relido mil vezes..

Soldado | 15 de agosto de 2017 23:18

Anônimo 5 de janeiro de 2017 11:27,

Ótimo contraponto!

Postar um comentário